Ganhe até
$50000
por convidar amigos
para receber o Bônus StartUp
da InstaForex
Não é necessário investimento!
Comece a negociar sem
investimentos e riscos
COM O NOVO BÔNUS
STARTUP 1000$
Receba o bônus
55%
da InstaForex
em todos os depósitos
+ Responder ao Tópico
Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo
Resultados de 1 a 10 de 11

Thread: Banco da Inglaterra (BOE)

  1. #1
    Banned
    Data de afiliação
    Dec 2012
    Local
    Portugal
    Postagens
    75,315
    imagens capturadas
    17 (mais detalhes)
    Accumulated bonus
    14952.39 USD
    Obrigado
    115
    Agradeceu 231 vezes em 177 publicações

    Banco da Inglaterra (BOE)




    Banco da Inglaterra (em inglês: Governor and Company of the Bank of England), cuja sigla é BoE, é uma instituição que age como Banco Central do Reino Unido. É popularmente conhecido como The Old Lady of Threadneedle Street ("A Velha Senhora da Rua Threadneedle"). Está localizado na cidade de Londres.

    Foi criado em 1694 pelo escocês William Paterson como um banco privado.

    Por muito tempo foi, em grande medida, controlado pela família Rothschild, até ser estatizado, em 1º de março de 1946.

    O banco é um dos oito bancos autorizados a emitir notas bancárias no Reino Unido, mas tem o monopólio na emissão de notas na Inglaterra e País de Gales e regula a emissão de notas por bancos comerciais na Escócia e Irlanda do Norte. Tem ainda o monopólio na emissão de moedas em todo o Reino Unido.[1]

    A partir de maio de 1997, tornou-se autônomo, isto é, adquiriu independência operacional para fixar a política monetária. Assim, compete ao Banco da Inglaterra fixar a taxa básica de juros do Reino Unido e zelar pela estabilidade monetária e financeira da economia britânica.

    Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

  2. The Following User Says Thank You to The Money Man For This Useful Post:

    womanspeculator (11-03-2017)

  3. <a href="">Форекс портал</a>
  4. #2
    Banned
    Data de afiliação
    Dec 2012
    Local
    Portugal
    Postagens
    75,315
    imagens capturadas
    17 (mais detalhes)
    Accumulated bonus
    14952.39 USD
    Obrigado
    115
    Agradeceu 231 vezes em 177 publicações


    Reino Unido: BoE mantém taxa de juro
    diretora em 0,5%


    O Banco de Inglaterra (BoE na sigla original) decidiu, como esperado, deixar sem alterações a taxa de juros de referência em 0,5%.


    Segundo anunciado no final da reunião mensal de política monetária, a manutenção da taxa diretora de refinanciamento em libras esterlinas resultou de oito votos favoráveis, contra um, num total de nove que compóem o comité decisório liderado por Mark Carney.


    Na mesma reunião, o comité votou unanimemente a continuação do programa de de recompra de ativos (instrumento de flexibilização monetária também designado como 'quantitative easing', no caso britânico financiado por emissão de reservas do BoE) no montante de 375 mil milhões de libras esterlinas (cerca de 509 mil M€).


    A reunião mensal do Banco Central Europeu, que por vezes coincide com o calendário das reuniões do BoE, está agendada para 22 de outubro, em Malta.

  5. #3
    Banned
    Data de afiliação
    Oct 2012
    Local
    Lusitânia
    Postagens
    57,217
    imagens capturadas
    9 (mais detalhes)
    Accumulated bonus
    11987.91 USD
    Obrigado
    109
    Agradeceu 281 vezes em 234 publicações


    Draghi e Carney defendem melhor governação nos mercados financeiros

    O governador do Banco de Inglaterra, Mark Carney, e o presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, defenderam hoje uma melhor governação e uma efetiva regulação na City de Londres e nos mercados financeiros.





    Os dois dirigentes falavam num debate organizado pelo "Open Forum", onde se falou do que deve ser o futuro da regulação do setor financeiro para evitar abusos e fomentar a confiança do público.


    Na sua intervenção, Carney disse que "acabou a era da irresponsabilidade" na City, centro financeiro de Londres, dado que agora existem novas normas que permitem identificar e penalizar as "maçãs podres" que minam o sistema.


    Apesar de se ter feito muito para que os mercados sejam "mais justos, resistentes, transparentes e eficazes", "a viagem não terminou", afirmou o dirigente do Banco de Inglaterra, que instou os reguladores a "ter coragem para ouvir, admitir os erros e corrigi-los".


    Por seu lado, Draghi defendeu a necessidade de uma boa "governação" nos mercados transnacionais, em particular da União Europeia (UE), onde deve haver normas comuns e instituições para as supervisionar.


    "Para que os mercados sejam verdadeiramente livres, necessitam de governação", declarou o economista italiano.
    Draghi assinalou que isso é fundamental no caso da UE e em particular para os países da zona euro, que com uma moeda comum devem ter mecanismos de supervisão e legislativos comuns.


    A UE deve prosseguir a sua integração bancária, com uma regulação que "preserve a integridade do mercado financeiro mas sem o sufocar", considerou.
    Em relação a países da UE que não fazem parte da zona euro, como o Reino Unido, Draghi reconheceu que "há que determinar quais as instituições que são mais adequadas para preservar a maior liberdade do mercado possível para os diferentes membros".


    O debate contou também com a participação do ministro britânico das Finanças, George Osborne, que salientou que o Governo quer que a City continue a ser "a casa dos maiores bancos do mundo", mas em ambiente de "segurança".
    Dinheiro Digital com Lusa

  6. The Following User Says Thank You to Trader Lusitano For This Useful Post:

    womanspeculator (11-03-2017)

  7. #4
    Banned
    Data de afiliação
    Jul 2016
    Postagens
    1,795
    imagens capturadas
    2 (mais detalhes)
    Accumulated bonus
    780.02 USD
    Obrigado
    125
    Agradeceu 131 vezes em 81 publicações
    BANCO DE INGLATERRA
    SOBE JUROS PELA PRIMEIRA VEZ DESDE 2007




    O Banco de Inglaterra anunciou um aumento da taxa de juro directora em 25 pontos base. A taxa de juro fixa-se agora nos 0,50%. Houve sete votos a favor e dois contra. A última vez que os juros no país tinham subido foi a 5 de Julho de 2007.


    A subida anunciada esta quinta-feira, 2 de Novembro, era já esperada por analistas e investidores, tendo sido dados sinais pelos responsáveis máximos da autoridade monetária. As atenções vão virar-se agora para o futuro. As apostas apontam para novas subidas de juro no final de 2018, mas tudo pode mudar, consoante o impacto do Brexit na economia.

  8. #5
    Banned
    Data de afiliação
    Dec 2012
    Local
    Portugal
    Postagens
    75,315
    imagens capturadas
    17 (mais detalhes)
    Accumulated bonus
    14952.39 USD
    Obrigado
    115
    Agradeceu 231 vezes em 177 publicações



    Banco da Inglaterra reitera expectativas de aumento da inflação no 4º tri

    Funcionários do Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês), incluindo John Cunliffe, vice-presidente da instituição, e os membros do Comitê de Política Monetária (MPC, na sigla em inglês), Gertjan Vlieghe, Ian McCafferty e Michael Saunders, reiteraram expectativas de que a inflação britânica atingirá o pico neste trimestre nas audiências do relatório de inflação realizadas perante o Comitê de Avaliação do Tesouro do Reino Unido nesta terça-feira.


    Cunliffe reiterou que a inflação no Reino Unido tem projeções de atingir o pico no quarto trimestre, ao passo que Vlieghe quis esclarecer que essas expectativas foram baseadas na ideia de que os preços do petróleo e a libra se manterão em níveis atuais.


    Cunliffe, que votou contra o último aumento dos juros do BoE, explicou que essa discordância foi baseada em uma preferência por esperar até que haja evidências mais claras de crescimento dos salários.


    Ao apresentar sua própria decisão de votar pelo aumento, Vlieghe admitiu que a visão sobre aumento dos salários e eventual efeito na inflação era um julgamento. "Não há ciência nisso", explicou. Vlieghe admitiu que seu próprio anúncio foi baseado nas reduções nas taxas de desemprego e de subemprego, em conjunto com indicações de que as empresas estavam começando a responder com salários mais altos para atrair empregados mais qualificados.
    Ele sugeriu que a perspectiva era consistente com o aperto modesto na política monetária.


    Tanto Saunders quanto McCafferty destacaram o fato de que os bancos centrais de todo o mundo não poderão possivelmente fazer promessas sobre as taxas de juros uma vez que as decisões serão determinadas por acontecimentos econômicos.


    Saunders ainda reiterou que o BoE espera que os futuros aumentos das taxas de juros sejam limitados e graduais.
    Quanto ao programa de compra de ativos do BoE, conhecido como flexibilização quantitativa ou simplesmente QE, sua sigla em inglês, Cunliffe insistiu que o banco central não se "esqueceu" da questão e eventualmente espera uma redução gradual para evitar problemas.

  9. #6
    Senior Member
    Data de afiliação
    Nov 2017
    Postagens
    339
    Accumulated bonus
    33.90 USD
    Obrigado
    25
    Agradeceu 212 vezes em 85 publicações

    Economista chefe do BoE diz "Sem Pressa" para aumentar as taxas: Relatório

    O Banco da Inglaterra não tem pressa de aumentar as taxas e as taxas não retornarão aos níveis observados no passado, disse o economista chefe Andy Haldane. "Nós temos um olhar muito forte sobre os desenvolvimentos inflacionários, e eles estão atualmente à frente do nosso alvo", o jornal Newcastle Chronicle informou que ele estava dizendo. "É por isso que já aumentamos as taxas uma vez." Parece provável que algum aperto adicional da política possa ser necessário durante o período adiante. "Não temos pressa, as taxas não voltarão remotamente aos níveis que vimos no passado, mas, no entanto, manter o custo de vida sob controle é, pensamos, a melhor e mais importante coisa que nós pode fazer para ajudar a economia em geral e, dentro disso, em particular as famílias que sentem o aperto financeiramente ", disse Haldane. RSS feed Back to news list



  10. #7
    Senior Member
    Data de afiliação
    Nov 2017
    Postagens
    259
    Accumulated bonus
    29.40 USD
    Obrigado
    38
    Agradeceu 111 vezes em 43 publicações

    Atenções agora se voltam ao Banco da Inglaterra

    Com o Fed fora do caminho, as atenções agora se voltam à decisão de política monetária do Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês).

    O banco central do Reino Unido irá anunciar sua decisão de taxa de juros às 09h00. Embora não se espere aumento de juros ou quaisquer mudanças no tamanho de seu programa de compras de ativos, investidores estarão em busca de indicações sobre o momento da próxima elevação dos custos de crédito.

    Dados britânicos sólidos sobre salários divulgados na quarta-feira consolidaram expectativas de que o BoE irá elevar os juros já em maio.

    A libra subia, com o par GBP/USD avançando 0,2% para 1,4165 após ter atingido 1,4181, seu maior nível desde 2 de fevereiro, no dia anterior.

  11. #8
    Senior Member
    Data de afiliação
    Nov 2017
    Postagens
    339
    Accumulated bonus
    33.90 USD
    Obrigado
    25
    Agradeceu 212 vezes em 85 publicações

    "Super Quinta-Feira" do Banco da Inglaterra

    O Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês) irá anunciar sua decisão sobre a taxa de juros às 08h00, com as expectativas do mercado agora em sua maior parte favoráveis à manutenção dos custos de crédito na taxa de 0,5%.

    As apostas sobre as taxas de juros têm oscilado bastante desde o início de abril, quando os investidores precificavam uma chance de 90% de que BoE elevasse as taxas em 25 pontos base.

    Mas é quase certo que uma onda de dados econômicos fracos estará nas mãos do BoE, que pode agora lutar para convencer os investidores de que aumentará os custos dos empréstimos ainda neste ano.

    Mark Carney, dirigente do BoE, participará de uma entrevista coletiva pouco depois do anúncio e investidores irão monitorar suas palavras na busca de sinais sobre qual é o apetite referente a aumentos de juros em 2018.

    A libra esterlina britânica estava em leve alta frente ao dólar, cotada a 1,3565, ainda próxima de 1,3483, mínima de quatro meses atingida na terça-feira.

    Mais comentários pacíficos do BoE poderiam fazer com que a moeda caísse ainda mais.

  12. #9
    Senior Member
    Data de afiliação
    Nov 2017
    Postagens
    259
    Accumulated bonus
    29.40 USD
    Obrigado
    38
    Agradeceu 111 vezes em 43 publicações

    BoE mantém taxa em, espera,permanece otimista sobre a economia do Reino Unido

    O Banco da Inglaterra votou para manter as taxas de juros inalteradas na quinta-feira, mas ainda espera aumentar sua principal taxa de juros nos próximos anos, dizendo que uma desaceleração na expansão econômica nos primeiros três meses do ano foi provavelmente temporária e provavelmente não tão grave. como primeiro estimado. O BoE disse que sete dos nove membros de seu Comitê de Política Monetária votaram para deixar a taxa de juros inalterada em 0,5 por cento, enquanto Ian McCafferty e Michael Saunders votaram para aumentar a taxa básica para 0,75 por cento.

    Ambos os homens também votaram pelo aumento da taxa em março. O BoE continuou a enfatizar que qualquer aumento na taxa básica será "gradual e limitado", provavelmente chegando a um movimento por ano em cada um dos próximos três anos. Suas novas previsões indicam que isso seria suficiente para reduzir a inflação para sua meta de 2 por cento no início de 2020, de 2,5 por cento em março. O BoE também reduziu sua previsão de crescimento para o ano para 1,4 por cento, abaixo da previsão de 1,8 por cento feita em fevereiro. O banco disse que o corte é quase inteiramente devido à interrupção da economia causada pelo mau tempo em março.

    Em uma entrevista coletiva após a decisão do banco central do Reino Unido, o presidente do Banco da Inglaterra, Mark Carney, disse que a economia do Reino Unido não havia cumprido as projeções estabelecidas na reunião do banco em fevereiro. Durante essa reunião, o banco sinalizou que as taxas de juros poderão vir mais cedo e talvez tivessem que ser maiores do que o previsto anteriormente. Carney observou que fatores pontuais, como condições climáticas adversas, podem ter sido um fator no abrandamento do crescimento econômico no início do ano. Ele disse que o ritmo subjacente do crescimento permaneceu mais resiliente do que os dados do título sugeriram. Os mercados financeiros estão agora indicando que haverá um aumento da taxa de juros no final do ano, seguido de outro em 2019 e outro em 2020.

  13. <a href="http://www.mt5.com/forex_humor">Форекс портал</a>
  14. #10
    Senior Member
    Data de afiliação
    Nov 2017
    Postagens
    339
    Accumulated bonus
    33.90 USD
    Obrigado
    25
    Agradeceu 212 vezes em 85 publicações

    Início de fórum de bancos centrais promovido pelo BCE em Portugal

    O quinto evento anual do Banco Central Europeu chamado "Forum on Central Banking" (fórum sobre bancos centrais, em tradução livre) deve acontecer em Sintra, Portugal, entre segunda e quarta-feira.

    Será um evento focado em preços e salários em economias avançadas.

    Durante os três dias de sessões e painéis, aproximadamente 150 dirigentes de bancos centrais, acadêmicos, jornalistas financeiros e representantes de alto nível do mercado financeiro compartilharão pontos de vista sobre questões de política monetária atuais e discutirão tópicos o tópico escolhido a partir de uma perspectiva de longo prazo.

    O destaque da reunião de cúpula provavelmente será o painel de debate de quarta-feira incluindo Mario Draghi, presidente do BCE, Jerome Powell, presidente do Federal Reserve e Haruhiko Kuroda, presidente do Banco do Japão.

+ Responder ao Tópico

Permissões de postagens

  • You may not post new threads
  • You may not post replies
  • You may not post attachments
  • You may not edit your posts