Fórum Forex Brasil

Lugar da Comunidade Forex

photo
Ganhe até
$50000
por convidar amigos
para receber o Bônus StartUp
da InstaForex
Não é necessário investimento!
Comece a negociar sem
investimentos e riscos
COM O NOVO BÔNUS
STARTUP 1000$
Receba o bônus
55%
da InstaForex
em todos os depósitos
+ Responder ao Tópico
Página 9 de 10 FirstFirst ... 78910 ÚltimoÚltimo
Resultados de 81 a 90 de 94

Thread: [GERAL] Criptomoedas

  1. #81
    Senior Member
    Data de afiliação
    Nov 2017
    Postagens
    292
    Accumulated bonus
    30.09 USD
    Obrigado
    43
    Agradecimentos 208 Tempos em 134 Postagens

    Ficou sem internet? Bitcoins podem ser enviados através do rádio

    Ondas de rádio são amplamente pesquisadas como forma de criar um sistema alternativo ao atual utilizado para o envio de criptomoedas através da internet. Dessa forma, pesquisadores e testes mostram que é possível enviar e receber criptomoedas através de ondas de rádio. Muito mais que isso, parece que até sistemas de trocas, como a P2P, por exemplo, pode funcionar através desse sistema que não precisa de uma conexão com a internet.

    Um sistema de envio e recebimento de criptomoedas através de ondas de rádio é completamente real. Após uma limitação na conexão de dados, os usuários poderiam utilizar esse tipo de sistema para enviar Bitcoins (BTC), por exemplo. Embora a falta de conexão de internet é, na maioria das vezes temporária, um sistema alternativo deveria ser considerado pela maioria dos investidores.

    Sistema de ondas de rádio pode ser alternativa para as criptomoedas A internet está presente em praticamente tudo na sociedade atual. Grande parte das pessoas passam horas conectadas à internet, e ficar sem conexão é algo completamente impensável. Em alguns casos uma manutenção na rede, ou até mesmo um fio partido pode deixar alguém sem internet. Porém, podem acontecer desligamentos gerais e a conexão talvez demore para voltar. Nesses casos, operações envolvendo criptomoedas podem sofrer riscos.

    Para quem realiza faz a compra e venda de Bitcoins (BTC) diariamente, ficar sem internet pode ser prejudicial aos negócios. Por mais que seja improvável uma queda geral da internet, isso já aconteceu em alguns países, como a Venezuela e o Zimbábue. Além disso, regimes totalitários podem exercer controle total sobre a internet em um determinado país, prejudicando operações envolvendo criptomoedas.

    Bitcoins (BTC) foram enviados pelo rádio por 600 km Embora o uso de criptomoedas através de ondas de rádio seja pouco usual, em 2014 um projeto foi lançado no mercado. A Hamradiocoin era voltada para o uso de pessoas ligadas ao radioamadorismo. Outros projetos de destaque foram criados a seguir, como um sistema de troca P2P de uma criptografia criada para funcionar através das ondas de rádio. Nesse caso, o projeto foi criado pela empresa finlandesa Vertaisvaluuta.

    Em 2018 um desenvolvedor conseguiu utilizar um sistema off-line para o envio de Bitcoins (BTC). O especialista da Nova Zelândia utilizou um smartphone desconectado da internet para esse tipo de experimento. Além disso, quatro antenas portáteis garantiram que o sistema funcionasse.

    Dessa forma, as criptomoedas foram transportadas por esse sistema através de uma distância de 12,6 quilômetros. O desenvolvedor utilizou, ainda, uma carteira digital da Samourai Wallet e o aplicativo goTenna. Embora pareça simples, o especialista declarou que precisou de criar pontos de retransmissão de ondas de rádio ao longo do percurso atingido pelo experimento.

  2. Fb
  3. #82
    Senior Member Jane_st's Avatar
    Data de afiliação
    Aug 2018
    Local
    São Paulo
    Postagens
    104
    Accumulated bonus
    19.81 USD
    Obrigado
    12
    Agradecimentos 108 Tempos em 76 Postagens

    Preços das criptomoedas mistos

    Criptomoedas se movimentavam em diferentes direções nesta terça-feira, com os mercados lutando para se recuperar do forte declínio de segunda-feira. Enquanto isso, a Nasdaq começou a listar dois índices de preços em moeda digital da empresa de pesquisa e dados Brave New Coin.

    Os índices Bitcoin Liquid Index e o Ethereum Liquid Index da empresa foram anunciados no início do mês e permitirão que os clientes da Nasdaq visualizem os dados sobre os preços das moedas.

    As criptomoedas de forma geral, estavam em US$ 129 bilhões, em comparação com US$ 143 bilhões no domingo.

    O ethereum ou eter, caía 0,25% para US$ 135,09, o XRP subia 4,7% para US$ 0,31741 e o litecoin ficava em US$ 44,938, um aumento de 0,12%.

  4. #83
    Senior Member
    Data de afiliação
    Nov 2017
    Postagens
    416
    Accumulated bonus
    39.88 USD
    Obrigado
    24
    Agradecimentos 358 Tempos em 166 Postagens

    Bitcoin em alta; Banco Suíço Julius Bauer entra no mercado de criptomoedas

    Os preços da criptomoeda subiram nesta quarta-feira, recuperando-se da queda no início da semana. Enquanto isso, o banco suíço Julius Baer (SIX:BAER) fez uma parceria com uma startup de moeda digital, uma vez que planeja expandir o acesso dos clientes a ativos de moeda virtual.

    A parceria do banco de 125 anos com Seba Crypto ajudará a preencher a lacuna entre o sistema bancário tradicional e as moedas mais recentes, segundo o banco em um comunicado.

    Embora vários bancos suíços estejam ativos no mercado de moedas digitais, a entrada de Julius Baer poderia ajudar a ampliar o alcance de moedas alternativas, já que tem cerca de 382 bilhões de francos suíços (US$ 382,8 bilhões) de ativos estão sob administração do banco.

    As criptomoedas operavam levemente em alta de maneira geral, com o valor total de capitalização de mercado total ficando em US$ 132 bilhões no momento de redação desta matéria, em comparação com US$ 129 bilhões na terça-feira.

    O ethereum ou eter, subia 1,9% para US$ 138,66, o XRP caía 0,6% para US$ 0,31705 e o litecoin ficava em US$ 45,542, um aumento de 1%.

    m outras notícias, a moeda digital do JP Morgan, o JP Morgan Coin poderá eventualmente ser usada para pagamentos de varejo, disse o CEO Jamie Dimon na CNBC na terça-feira.

    O gigante bancário anunciou em 14 de fevereiro que lançaria sua própria moeda digital para uso interno, focando primeiramente em assentamentos internacionais para corporações. Alguns defensores da criptografia têm criticado a tecnologia, dizendo que ela erra o objetivo das moedas digitais e é mais um livro de contabilidade.

  5. Os seguintes 2 Usuários Dizem Obrigado o a Fernando Maya por este post útil:

    Unregistered (2 )

  6. #84
    Senior Member
    Data de afiliação
    May 2018
    Postagens
    366
    Accumulated bonus
    254.81 USD
    Obrigado
    18
    Agradecimentos 431 Tempos em 245 Postagens

    Criptomoeda do Facebook para Whatsapp, Instagram e Messenger mais perto.

    O Facebook está pronto para lançar sua criptomoeda já no primeiro semestre de 2019, segundo informações do New York Times. No ano passado, O Livecoins mostrou vários rumores que sugeriam a atenção da gigante das redes sociais para a indústria de moedas digitais e blockchain.

    A matéria da NY Times publicada nesta sexta-feira, 28 de fevereiro, informa que a empresa está conversando com corretoras de criptomoedas para negociar o novo ativo digital.

    A matéria diz também que o Facebook vai integrar pagamentos com criptomoedas em seus serviços de mensagens. Isso inclui portanto, três aplicativos que pertecem ao facebook – o Messenger, WhatsApp e Instagram. Assim, mais de 2,7 bilhões de usuários podem se beneficiar do uso da nova criptomoeda do Facebook.

    A criptomoeda do Facebook O primeiro rumor sobre a criptomoeda do Facebook surgiu em dezembro de 2018. Na ocasião, fontes diziam que a “Facebook Coin” estaria disponível apenas para usuários do WhatsApp na Índia. Mas o lançamento em mais aplicativos faz mais sentido, pois a empresa pode ter como alvo uma base maior de usuários.

    As fontes afirmaram que a nova criptomoeda será uma stablecoin (Moeda com preço fixo). Além disso, seu valor estará vinculado a três moedas nacionais diferentes, em vez de apenas uma.

    Uma matéria da Bloomberg sugeriu que o Facebook terá como alvo o “mercado de remessas na Índia”, com base na massiva base de usuários do WhatsApp do país.

    Perceba que o Facebook não é a primeira empresa que planeja lançar uma moeda digital para aplicativos de mensagens. O aplicativo de mensagens Telegram, desenvolvido na Rússia, anunciou planos semelhantes. O fundador do Telegram, Parel Durov, planeja lançar o Telegram Open Network (TON), juntamente com sua criptomoeda nativa ‘Gram’, este ano. A Telegram conseguiu arrecadar US $ 1,7 bilhão para seu projeto TON.

    O lançamento da rede TON, da telegram ocorrerá este mês (março). Os analistas prevêem que o token Gram poderia ter um valor de mercado de US $ 30 bilhões.

    Além das duas gigantes de mensagens, os aplicativos de mensagens Kakao e Line planejam ter seu próprio token nativo para pagamentos no aplicativo e outros serviços da empresa.

    Facebook não para de investir em Blockchain No ano passado o Facebook dobrou seus esforços na tecnologia blockchain. Embora a empresa não falado muito sobre isso, até recentemente, o CEO Mark Zuckerberg falou um pouco. No início deste mês, o Facebook adquiriu a startup de blockchain Chainspace.

    A Chianspace é uma “plataforma de contratos inteligentes em escala planetária”. Ela “atende às expectativas modernas de poder de processamento, tornando-a a plataforma preferida para aplicações complexas do mundo real”.

    Em uma recente entrevista ao professor de Direito de Harvard, Jonathan Zittrain, Zuckerberg disse que ele está “potencialmente interessado” em colocar o login do Facebook no blockchain.

    O Facebook, que enfrentou uma enorme violação de segurança de dados no ano passado com o escândalo da Cambridge Analytica, agora está apostando na blockchain. Além do login baseado em blockchain, o Facebook também planeja trazer outros aspectos de segurança de dados na rede blockchain.

    2019 será, com certeza, um ano empolgante para o mercado de criptomoedas.

    A empresa está em conversa com corretoras para venda do ativo digital.

    Fonte: Livecoins

  7. The Following User Says Thank You to Mike_Mike For This Useful Post:

    Unregistered (1 )

  8. #85
    Senior Member
    Data de afiliação
    Nov 2017
    Postagens
    416
    Accumulated bonus
    39.88 USD
    Obrigado
    24
    Agradecimentos 358 Tempos em 166 Postagens

    Rali de moedas digitais

    Os preços da criptomoeda continuaram subindo na quarta-feira, com o bitcoin atingindo uma alta de uma semana e observando a marca de US$ 4.000 novamente. Enquanto isso, parece que as carteiras frias que continham os fundos perdidos do câmbio canadense Quadriga estão realmente vazias.

    O bitcoin subiu 2,56% para $ 3,845.10 a partir das 8:30 ET (13:30 GMT) no Índice Investing.com.

    As criptomoedas em geral operavam em alta, subindo para US$ 132 bilhões no momento de redação desta matéria, em comparação com US$ 128 bilhões na terça-feira.

    A ethereum, ou éter, subia 5,9% para US$ 137,14 e XRP subia 1,7% para US$ 0,31394, enquanto o litecoin estava em US$ 54,596, um aumento de 10%.

    Em seu preço atual, Litecoin ainda está 86,81% abaixo de sua máxima histórica de US$420,00 atingida em 12 de dezembro de 2017

  9. The Following User Says Thank You to Fernando Maya For This Useful Post:

    InstaForex Akemi (03-06-2019)

  10. #86
    Senior Member
    Data de afiliação
    Nov 2017
    Postagens
    398
    Accumulated bonus
    34.59 USD
    Obrigado
    23
    Agradecimentos 78 Tempos em 45 Postagens

    Dash enfrenta problemas com o Bear Market

    A criptomoeda Dash é uma das opções que veio ao mundo para ser um Dinheiro Digital, mas com o período de preços em baixa de mercado alguns problemas têm surgido para a moeda.

    Recentemente a Dash estava com alto risco de receber na rede um ataque 51%, um fato que fez a comunidade de devs se movimentar para evitar que isso ocorresse.

    Além disso, outros problemas que pairaram sobre a Dash ainda no meio de 2018 eram a vontade de destituir o CEO e o enfrentamento do Japão às criptomoedas com transações privadas.

    Em agosto de 2018, a votação pela não destituição do CEO foi a vencedora, mantendo no cargo Ryan Taylor.

    Porém os ventos mudaram, o período de quedas dos preços das criptomoedas no mercado permaneceram, sendo a permanência de vários funcionários da empresa por trás da Dash não mais possível.

    A Dash Core Group (DCG) informou a comunidade através de um post em blog oficial, que a partir da data 07 de março cerca de 8% da empresa deixará os quadros, ao que foi chamado de redução planejada.

    Ficou claro que as demissões não estão ligadas a desempenho dos funcionários, mas sim devido ao período em baixa que tem prejudicado manter a operação de forma completa.

    Para manter o compromisso com o futuro da moeda, serão removidos todos os funcionários do RH, duas pessoas do setor de Estratégia e mais um do desenvolvimento de negócios.

    Pelos comentários no post oficial feito pela comunidade Dash, fica claro que a atitude das demissões foram entendidas, sendo todos de acordo com a causa em prol do bem maior no futuro da moeda.

    Apesar disso, muitos criticaram o Core pela pouca transparência dos gastos. e de por vezes, tomarem atitudes de forma arbitrária.

    Tendo se separado da Litecoin em 2014, a empresa Dash não levantou fundos por meio de uma ICO. Em vez disso, o DCG é financiado por 10% da recompensa extraída pelos masternodes (mineradores), sujeita à aprovação do Dash Network Treasury.

    Seu desenvolvimento é, portanto, inteiramente financiado em Dash e, embora possam convertê-lo em fiduciário, uma grande parte dos fundos do DCG permanece na criptomoeda, mesmo no pagamento dos salários aos funcionários.

    Com a novidade esperasse que o desenvolvimento possa continuar, mesmo sem algumas peças, em alto nível e a longo prazo.

    Fonte: Livecoins

  11. The Following User Says Thank You to Marcus Moreira For This Useful Post:

    Unregistered (1 )

  12. #87
    Senior Member
    Data de afiliação
    Aug 2018
    Postagens
    153
    Accumulated bonus
    42.65 USD
    Obrigado
    58
    Agradecimentos 11 Tempos em 14 Postagens
    Um analista técnico de nome estranho divulgou no Twitter uma análise super otimista para o preço do Bitcoin, segundo a análise de MagicPoopCannon (como é conhecido no Twitter) a próxima alta no mercado e especialmente no preço do Bitcoin fará a criptomoeda subir para cerca de US$ 150.000, até agosto de 2023.

    O analista foi rotulado no ano passado como “permabear Bitcoin”, devido ao fato de que ele previu que o preço do Bitcoin cairia de US $ 10.000 para US $ 3.000. Ao final de tudo a análise dele demonstrou está correta, o que lhe valeu um segundo título, “vidente do futuro”.

    Não se esqueça, eu fui rotulado como um “permabear” durante este mercado de urso, porque eu entendi onde o preço estava indo e eu estava pessimista quando muitas pessoas não queriam ouvir a realidade do mercado. Eu avisei de 3.000 enquanto ainda estávamos acima de 10.000.

    Agora ele está afirmando que o Bitcoin está pronto para começar sua lenta subida para o preço de US $ 150.000, o que significa que a próxima alta do mercado está a cerca de 4,5 anos de distância.

    MagicPoopCannon aponta que a ação do preço do mercado de urso de Bitcoin 2014-2015 é “incrivelmente” similar, à ação de preço atual do Bitcoin.

    A ação de preço de 2014 e 2015 é INCRIVELMENTE semelhante, a que está ocorrendo hoje. É a principal razão pela qual acredito que o preço do Bitcoin chegou ao fundo, e é por isso que estou comprando freneticamente agora.

    O “vidente do futuro” admite que não tem certeza se o preço do Bitcoin realmente chegou ao fundo. Ele acrescenta que existe uma pequena possibilidade de o Bitcoin “cair para uma mínima mais baixa ainda este ano”.

    Coisas como os picos de sobrevenda no RSI semanal, me levam a acreditar que poderíamos ver outra queda ainda este ano, mas eu realmente não me importo. Se isso acontecer, eu acho que será apenas um pouco menor do que a queda de 3.150 de dezembro, talvez apenas para 3.000. Se isso vai acontecer ou não, é algo que eu realmente não me importo.

  13. #88
    Senior Member
    Data de afiliação
    Jul 2018
    Postagens
    132
    Accumulated bonus
    104.60 USD
    Obrigado
    37
    Agradecimentos 220 Tempos em 100 Postagens

    Minerar Bitcoin custa 23 vezes menos do que minerar o ouro

    Um tweet revela que minerar Bitcoin pode custar até 23 vezes menos que minerar o ouro. De um lado temos a criptomoeda mais famosa do mercado, e de outro temos o mineral mais cobiçado do mundo. O que os dois possuem em comum são a sua alta capacidade de reserva de valor. No caso do “ouro digital”, obter a criptomoeda pode ser bem menos oneroso que procurar o ouro através da exploração mineral.

    Quando a maioria das pessoas escutam a expressão “minerar o Bitcoin (BTC)” já imaginam a criptomoeda sendo lapidada, assim como acontece com pedras preciosas. Porém, a mineração da moeda digital é realizada totalmente online, dependendo apenas do poder computacional de equipamentos computacionais.

    Mineração de ouro custa US$ 105 bilhões anualmente Segundo a publicação, somente para minerar o ouro são gastos cerca de US$ 105 bilhões na operação todos os anos. Além disso, as informações do tweet mostram que na mineração do ouro são utilizados até 475 milhões de GJ (Gigajoule).

    Por outro lado, a mineração de Bitcoin custa bem menos que isso. Segundo a apuração publicada na internet, para minerar a criptomoeda são gastos apenas US$ 4,5 bilhões anualmente. Enquanto isso, o Bitcoin utiliza em sua mineração apenas 183 milhões de GJ.
    Name:  Mining Bitcoin.png
Views: 24
Size:  5.5 KB
    Minerar o Bitcoin (BTC) é mais barato que reciclar o ouro A publicação também trouxe também o custo estimado com a manutenção de outros fundos de valor. De acordo com a publicação, até mesmo a reciclagem do ouro é mais cara que a mineração do Bitcoin (BTC) de acordo com o perfil Asimow no Twitter. A pesquisa ainda apontou que sistemas bancários, papel-moeda e até mesmo governos são mais onerosos que o processo de mineração do Bitcoin (BTC).

    O Bitcoin e o ouro são as reservas de valor mais cobiçadas nos últimos anos. O Ouro com sua alta capacidade de valorização pode ver o seu reinado ser perdido para o Bitcoin (BTC). Em alguns casos, especialistas preveem que a criptomoeda deverá ultrapassar o ouro em todo o mundo em relação a sua usabilidade como reserva de valor.

    Saiba mais em Minerar Bitcoin custa 23 vezes menos do que minerar o ouro.

    Fonte:Livecoin

  14. The Following User Says Thank You to Mpaiva For This Useful Post:

    Unregistered (1 )

  15. #89
    Senior Member
    Data de afiliação
    Jul 2018
    Postagens
    132
    Accumulated bonus
    104.60 USD
    Obrigado
    37
    Agradecimentos 220 Tempos em 100 Postagens

    VeChain faz parceria com gigante de eletrônicos chinesa

    Uma importante parceria foi fechada entre a VeChain e uma gigante de eletrônicos chinesa. A VeChain, o intuito é oferecer produtos voltados à tecnologia blockchain para a Haier, que representa um conglomerado de marcas, como por exemplo, GE Appliances, Casarte e Aqu que podem se beneficiar desta parceria. A empresa contará com os serviços da criptomoeda para desenvolver melhorias ao longo da cadeia de produção de milhares de eletrônicos.

    As empresas estão integrando a tecnologia blockchain em seus negócios, no intuito de buscar economia e melhor gerenciamento de processos de produção, a blockchain conquista empresas nos mais variados setores. com um gerenciamento de dados diferenciado. Por outro lado, além da VeChain, a Haier fechou parceria com a DNV GL.

    A VeChain deverá trabalhar desenvolvendo produtos inteligentes voltados à comunicação de aparelhos eletrodomésticos. O projeto faz parte do que é conhecido como quarta revolução industrial, onde a Internet das Coisas fará parte de uma verdadeira transformação social.

    O conceito de Internet das Coisas prevê uma integração total entre vários objetos que conhecemos atualmente e jamais imaginaríamos que pudessem funcionar através de uma rede. Sendo assim, essa integração promete mais facilidade e participará do processo de criação de casas do futuro, com sistemas inteligentes de gerenciamento de praticamente qualquer item que faz parte do imóvel.

    Empresa quer fornecer informações através do My Story Inicialmente Haier deverá utilizar o aplicativo My Story para gerenciar seus produtos. O aplicativo da VeChain permite que dados sejam gerenciados de forma padronizada, permitindo alguns recursos como a rastreabilidade, por exemplo. Dessa forma, através da rastreabilidade no My Story da VeChain a Haier poderá identificar a emissão de carbono.

    Outro recurso que será explorado pela gigante chinesa é o de originalidade. Desse modo, a empresa espera oferecer várias informações sobre os produtos através da tecnologia blockchain. Esses dados devem servir para que clientes conheçam a garantia de procedência de vários itens, como também as etapas de produção, por exemplo.

  16. The Following User Says Thank You to Mpaiva For This Useful Post:

    Não registrado (1 )

  17. Fb
  18. #90
    Senior Member
    Data de afiliação
    Nov 2017
    Postagens
    416
    Accumulated bonus
    39.88 USD
    Obrigado
    24
    Agradecimentos 358 Tempos em 166 Postagens

    WU:Transferências disponíveis diretamente para cripto-carteiras

    A Western Union "WU", um popular serviço de transferência de dinheiro, firmou um acordo de parceria com a Coins.ph, empresa líder no ramo de criptomoedas nas Filipinas, através do qual os moradores do país asiático podem receber transferências de dinheiro diretamente para suas carteiras de criptomoedas.

    Conforme relatado no comunicado de imprensa, a base de usuários Coins.ph tem mais de 5 milhões de pessoas, enquanto o número de filipinos que trabalham fora do país e precisam regularmente enviar dinheiro para “casa” é de cerca de 10 milhões de pessoas. O novo serviço oferecerá “acesso rápido e conveniente a remessas em regiões urbanas e remotas”.

    Após passar pela verificação usuários poderão receber transferências mensais no valor de 100 mil pesos filipinos (cerca de US $ 1.907).

    Note que a Coins.ph é um dos serviços mais antigos do mercado. No final de 2014, a empresa ofereceu a seus usuários um serviço de “transferência instantânea”, que permitia enviar criptomoedas e sacar em dinheiro em 450 caixas eletrônicos em todo o país.

    Em 2016, o Coins.ph recebeu um investimento de US$ 5 milhões e atualmente também está trabalhando com a Ripple para integrar a solução de pagamento xRapid usando tokens XRP.

  19. The Following User Says Thank You to Fernando Maya For This Useful Post:

    Não registrado (1 )

+ Responder ao Tópico
Página 9 de 10 FirstFirst ... 78910 ÚltimoÚltimo

Permissões de postagens

  • You may not post new threads
  • You may not post replies
  • You may not post attachments
  • You may not edit your posts