photo
Ganhe até
$50000
por convidar amigos
para receber o Bônus StartUp
da InstaForex
Não é necessário investimento!
Comece a negociar sem
investimentos e riscos
COM O NOVO BÔNUS
STARTUP 1000$
Receba o bônus
55%
da InstaForex
em todos os depósitos
+ Responder ao Tópico
Página 3 de 3 FirstFirst 123
Resultados de 21 a 28 de 28

Thread: Celebridades

  1. #21
    Senior Member
    Data de afiliação
    Nov 2017
    Postagens
    267
    Accumulated bonus
    26.50 USD
    Obrigado
    44
    Agradeceu 111 vezes em 56 publicações

    Julia Roberts pesa 47 quilos. 'Vítima de Hollywood'?

    Sabe-se que o padrão de beleza exigido em Hollywood leva pessoas, muitas dessas famosas a buscar um biotipo que talvez não seja o ideal para si, vivemos em um mundo em que as pessoas tem que seguir uma cartilha, como se fosse uma regra, para serem bem sucedidas e até aceitas pela sociedade e seus padrões de beleza surreais. Bem talvez esta não seja a questão, mas é o que parece ser.

    A perda de peso de Julia Roberts gerou alguma controvérsia após a aparição da atriz no Festival Internacional de Cinema de Toronto.
    De acordo com pessoas familiarizadas, Julia tem realizado rotinas de treino intensivas, que estão impactando na sua aparência.

    Segundo um amigo de Julia, ela treina com um personal trainer seis dias por semana. Pratica aeróbica, pilates e ioga, e quase não come nada.
    A mesma fonte revela que, atualmente, a atriz pesa 47,5 quilos e que esta é uma consequência da pressão vivida na indústria do cinema. Válido lembrar que a atriz já tem 50 anos, já tem três filhos e sua altura é 1,75, além disso é linda.

    Mas a questão é, será que ela é mais uma vitima do padrão de beleza de Hollywood, ou se preparou e/ou está se preparando para uma nova personagem? Fica a dúvida.

  2. <a href="">Форекс портал</a>
  3. #22
    Senior Member
    Data de afiliação
    Nov 2017
    Postagens
    197
    Accumulated bonus
    19.80 USD
    Obrigado
    64
    Agradeceu 83 vezes em 42 publicações
    Pode ser preparação para um personagem, vivem disso né, a imagem é tudo. Mas não deve ser muito fácil ter que se adequar a padrões fora da realidade para passar uma imagem falsa, e o resto do mundo fica alienado tentando seguir. Válido para homens e mulheres.

  4. #23
    Senior Member
    Data de afiliação
    Nov 2017
    Postagens
    267
    Accumulated bonus
    26.50 USD
    Obrigado
    44
    Agradeceu 111 vezes em 56 publicações

    Tons de amarelo brilham em tapete dourado do Emmy

    Os maiores talentos da televisão norte-americana chegaram à cerimônia do Emmy na noite de segunda-feira vestindo tons fortes de amarelo, vestidos brancos brilhantes, macacões e paletós que complementaram o tapete dourado da premiação.

    As atrizes Alison Brie, Judith Light (SA:LIGT3) e Tatiana Maslany optaram pelo amarelo para a festa de entrega dos maiores prêmios da indústria televisiva, que aconteceu em uma noite quente no centro de Los Angeles.

    Apesar do calor, Judith exibiu um longo e justo vestido amarelo de manga comprida e gola rolê. Estrela da série "Orphan Black", Tatiana Maslany vestiu um conjunto customizado, composto por calças pretas e uma blusa amarela de uma manga só.

    Este ano as celebridades passaram por um tapete dourado, em vez do tradicional vermelho, para celebrar o aniversário de 70 anos do Emmy.

    A cor branca também foi popular, sendo a escolha de Kristen Bell e Scarlett Johansson. Protagonista de "The Sinner", Jessica Biel chegou à cerimônia em um vestido de gala tomara-que-caia branco.

    Os homens também não decepcionaram. Estrela de 16 anos da série "Stranger Things" Gaten Matarazzo exibiu um paletó dourado, enquanto Milo Ventimiglia, de "This is Us" optou por um paletó branco. O ator de "Barry", Henry Winkler, destacou seu terno preto com uma gravata amarela.

    Algumas das principais indicadas apostaram em tons fortes. As atrizes Rachel Brosnahan e Sandra Oh se destacaram em vermelho, enquanto Elisabeth Moss optou pelo tradicional vestido preto.

    Jennifer Lewis, atriz da série "black-ish", vestiu um moletom preto e vermelho da Nike, que disse ser uma demonstração de apoio depois que a marca usou o jogador da NFL Colin Kaepernick em uma nova propaganda. Kaepernick foi o primeiro jogador da liga de futebol americano dos EUA a se ajoelhar durante o hino nacional como forma de protesto contra o racismo.

    "O dever do artista é refletir o momento", disse. "Eu defendo o que sinto que é correto".

  5. #24
    Senior Member
    Data de afiliação
    May 2018
    Postagens
    162
    Accumulated bonus
    183.64 USD
    Obrigado
    19
    Agradeceu 155 vezes em 66 publicações

    Celebridades defendem sustentabilidade em "tapete verde" de Milão

    A elite da moda italiana e celebridades como os astros de cinema Cate Blanchett, Julianne Moore e Colin Firth (Marc Darcy da triologia Bridget Jones) se reuniram no "tapete verde" de um evento no domingo durante a Semana de Moda de Milão para pedir mais sustentabilidade ambiental na indústria global da moda.
    A reunião de gala foi o encerramento da celebração fashion de seis dias da cidade, ocorrida uma semana depois de a Semana de Moda de Londres ter banido o uso de peles pela primeira vez.
    As grifes começaram a dar mais atenção ao impacto de suas empresas no ambiente e em seus métodos de produção, já que os consumidores estão se tornando mais ecologicamente conscientes em suas escolhas.
    No total, 13 prêmios foram entregues na segunda edição do "Prêmio de Moda Tapete Verde", promovido pela associação nacional da moda italiana, CNMI, e pela consultoria de sustentabilidade Eco-Age, fundada e dirigida pela produtora de cinema italiana Livia Firth, esposa de Colin Firth.
    "A moda pode ser muito bonita e lucrativa, mas estar aqui por um objetivo verdadeiro é mais importante para mim" disse a modelo Elle Macpherson.
    Entre os vencedores que demonstraram compromisso e investimento na mudança estavam Elle e os sapateiros da grife Salvatore Ferragamo.

  6. #25
    Senior Member
    Data de afiliação
    Nov 2017
    Postagens
    291
    Accumulated bonus
    29.40 USD
    Obrigado
    50
    Agradeceu 124 vezes em 50 publicações

    "Nasce Uma Estrela- química de Bradley Cooper com Lady Gaga foi essencial

    Quando o diretor estreante Bradley Cooper convidou a cantora Lady Gaga para seu primeiro papel em um filme, uma refilmagem do clássico "Nasce Uma Estrela", os dois estavam dando um salto no escuro.

    Confiança, trabalho duro e química foram essenciais para recontar o romance entre um músico alcoólatra mais velho e uma jovem ingênua, interpretada anteriormente por Barbra Streisand e Judy Garland.

    Cooper, de 43 anos, que também estrela, canta e coescreveu o roteiro do filme, além de parte da trilha sonora, disse que os dois tiveram uma "explosão de química logo no início, e depois um comprometimento enorme, e esse comprometimento foi seguido por uma ética de trabalho".

    "Encontrei alguém que trabalha tão duro quanto eu. Isso me incentivou a trabalhar mais duro", disse Cooper à Reuters Television.

    "Nasce Uma Estrela", que estreia em cinemas de todo o mundo na próxima semana, conta a história do cantor de música country Jackson Maine (Cooper), que conhece, prepara e se apaixona pela aspirante a cantora Ally (Lady Gaga). Enquanto Jackson lida com o vício e o declínio de sua própria carreira, Ally decola.

    Apesar de ser uma das maiores cantoras de música pop do mundo e de ter feito um papel na série American Horror Story, o filme marca a estreia de Gaga como atriz de cinema.

    "Confiei nele", disse Gaga sobre Cooper. "Desenvolvemos uma grande amizade e trabalhamos muito duro".

    "Por causa da confiança que eu tinha nele, senti-me muito aberta e capaz de me revelar de uma maneira que nem sabia ter dentro de mim", acrescentou.

  7. #26
    Junior Member Jane_st's Avatar
    Data de afiliação
    Aug 2018
    Local
    São Paulo
    Postagens
    19
    Accumulated bonus
    0.00 USD
    Obrigado
    7
    Agradeceu 5 vezes em 4 publicações

    Roger Waters é vaiado e aplaudido em São Paulo depois de exibir #elenão em show

    Roger Waters arrancou uma reação vibrante dos 45,5 mil presentes no Allianz Parque, em São Paulo, na noite desta terça-feira (9). Foi o início da turnê "Us + Them" no Brasil (veja as próximas datas no final do texto). A reação foi intensa por dois motivos:

    O show é dominado por clássicos do Pink Floyd, banda que já foi liderada por Waters, com cerca de 80% do repertório. O resto de músicas solo é mais morno, mas não estraga o espetáculo.

    A turnê é cheia de críticas políticas, como é comum na carreira de Waters. No Brasil, ele incluiu crítica ao candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSL), e foi respondido com aplausos e também muitas vaias.

    O reforço no teor político desta turnê de Waters vem do disco solo mais recente dele, " Is This the Life We Really Want?". Em "The last refugee" e "Picture that", ambas no meio do show, ele pinta um cenário pessimista do mundo.

    O presidente dos EUA, Donald Trump, foi alvo desde o início da turnê. Durante "Pigs", o telão mostra em português mesmo: "Donald Trump é um porco". "Money" segue na crítica a Trump e também mostra líderes europeus como Theresa May e Emmanuel Macron.

    Em outro momento do show, aparece um telão da turnê sempre mostra, em seguida, coisas às quais Roger Waters pede para os fãs resistirem: anti-semitismo, destruição do meio ambiente, tortura e outros.

    Uma destas imagens dizia: "resista ao neofascismo". Em seguida, o telão dizia que "o neofascismo está crescendo pelo mundo", e listava políticos de vários países. Na lista que já tinha aparecido em outros shows da turnê, Roger Waters acrescentou em São Paulo o nome de Jair Bolsonaro.

    Mesmo antes de aparecer o nome de Bolsonaro no telão, o público já havia reagido à palavra "resistir" que era destacada após "Another brick in the wall".

    Primeiro, uma parte do público cantou duas vezes o coro de "ele não", contra Bolsonaro. Depois, uma parte do público cantou um coro de "fora PT", partido do opositor de Bolsonaro no segundo turno das eleições, Fernando Haddad.

    Roger fez discursos sobre os diretos humanos, porque , segundo ele, acrediat neles. Depois falou sobre o Brasil e o importante momento pelo qual estamos passando. E como um defensor dos Direitos Humanos, isso inclui o direito de protestar pacificamente sob a lei. Ele disse que preferiria não viver sob as regras de alguém que acredita que a ditadura militar é uma coisa boa. Ele lembra dos dias ruins na América do Sul, e das ditaduras, e segundo ele, foi.

    Os shows de Roger são recheados de criticas políticas, repudio ao capitalismo, e defesa dos direitos humanos, Roger disse que esperava esta reação na america latina, referindo-se as vaias, pois segundo ele, somos um povo com amor no coração.

    O público só se uniu mesmo no final, em "Comfortably numb", com todo mundo jogando as mãos para cima e cantando junto, desta vez um mesmo refrão, do clássico do Pink Floyd.

    Só depois disso apareceu a tela sobre o neofascismo com o nome de Bolsonaro. O público reagiu com gritos, aplausos e vaias. Logo depois, veio outro coro de "fora PT".

    O show foi bem polêmico, o que nos faz pensar sobre o grau de influência que uma clebridade ou alguém com grande poder de persuasão tem sobre pessoas comuns.

    Também um p

  8. The Following User Says Thank You to Jane_st For This Useful Post:

    Marketlady (10-10-2018)

  9. #27
    Junior Member
    Data de afiliação
    Apr 2018
    Postagens
    18
    Accumulated bonus
    5.77 USD
    Obrigado
    157
    Agradeceu 0 vezes em 0 publicações
    Bem, quem conhece a história do Pink Floyd isto não é nehuma novidade, sempre defenderam os direitos humanos, abordaram questões políticas. Mas os tempos são outros, criticar a economia de um país que nem conhece direito, já não está tão boa né. Money, assim como as outras canções do disco cujos temas giram em torno das aflições do homem moderno, onde cada canção tem um tema identificável, Money citava a avareza e o domínio do dinheiro sobre o homem, com sua letra recheada de ironia. Ironia maior, aliás, foi o fato de que a banda após Dark Side... alcançou o sucesso comercial que sempre perseguiu e ganhou muito, mas muito dinheiro. Neste caso as criticas são bem mais direcionadas a partidos socialistas que pregam a igualdade, mas não vivem sem as benesses que o cargo público pode dar, pelo menos aqui no Brasil, e outros países que não vale a pena citar.

  10. <a href="http://www.mt5.com/">Форекс портал</a>
  11. #28
    Member
    Data de afiliação
    Aug 2018
    Postagens
    99
    Accumulated bonus
    0.00 USD
    Obrigado
    17
    Agradeceu 10 vezes em 7 publicações
    Príncipe Harry e Meghan Markle anunciam que esperam 1º filho

    O Palácio de Kensington anunciou na manhã desta segunda-feira (15) que a duquesa de Sussex Meghan Markle, mulher do príncipe Harry, está grávida do primeiro filho, que deve nascer na primavera de 2019 no Reino Unido (outono no Brasil).

    O anúncio foi feito no Twitter oficial do palácio de Kensingnton no dia em que o duque e a duquesa de Sussex iniciam uma viagem pela Oceania. A viagem real, que teve a Austrália como ponto de partida, é a primeira de Megahn e Harry desde que se casaram, 5 meses atrás.

    O Palácio de Kensington disse que o casal "agredeceu todo o apoio que recebeu de pessoas em todo o mundo desde o casamento em maio e está feliz por poder compartilhar esta feliz notícia com o público".

    O bebê será o sétimo na linha sucessória da coroa britânica. A realeza britânica não deu mais informações sobre a gravidez.

    Fonte: G1

+ Responder ao Tópico

Permissões de postagens

  • You may not post new threads
  • You may not post replies
  • You may not post attachments
  • You may not edit your posts