photo
Ganhe até
$50000
por convidar amigos
para receber o Bônus StartUp
da InstaForex
Não é necessário investimento!
Comece a negociar sem
investimentos e riscos
COM O NOVO BÔNUS
STARTUP 1000$
Receba o bônus
55%
da InstaForex
em todos os depósitos
+ Responder ao Tópico
Resultados de 1 a 3 de 3

Thread: Turismo

  1. #1
    Senior Member
    Data de afiliação
    Nov 2017
    Postagens
    370
    Accumulated bonus
    33.90 USD
    Obrigado
    25
    Agradeceu 221 vezes em 90 publicações

    Turismo

    Turismo e viagem menu descubra o brasil

    O Brasil tem algumas das maiores e mais belas quedas d'água do mundo. São vários nomes: cascata, quando as águas descem degraus. Catarata, quando formam uma grande cortina. Salto, quando caem em forma de esguicho. Véu de noiva, queda d’água, catadupa, tombo, cachão... o nome não importa. Para quem gosta de natureza e aventura, as águas que caem transmitem encanto e boas energias.

    Veja abaixo algumas das cachoeiras mais famosas do país.

    Cachoeira do veloso (Ilhabela-SP): Da Cachoeira do Veloso, é possível ver uma das mais belas vistas de Ilhabela. São três cachoeiras, com 50 metros de queda, em um mesmo rio. A Cachoeira do Veloso começa em uma praia de mesmo nome. A caminhada é tranquila e dura cerca de 40 minutos.



    Cachoeira do Caracol (Canela - RS): A cascata do Caracol fica entre os municípios de Gramado e Canela. Surge no meio da Serra Gaúcha e tem 130 metros de queda livre. Além do mirante, também é possível observar a paisagem em cima de um elevador panorâmico situado dentro do Parque Estadual do Caracol.


    Cachoeira do Salto Grande (Corupa - SC): Faz parte de um circuito chamado Rota das Cachoeiras. Localizado ao norte de Santa Catarina, o parque é um verdadeiro abrigo ecológico e possui uma trilha com 14 quedas d'água em uma área de 100 hectares. A principal é a Salto Grande com 125 metros de altura.


    Cataratas do Iguaçu (Foz do Iguaçu- PR): Uma das mais visitadas , é um conjunto de cerca de 275 quedas de água no rio Iguaçu (na Bacia hidrográfica do rio Paraná), localizada entre o Parque Nacional do Iguaçu, Paraná, no Brasil, e o Parque Nacional Iguazú em Misiones, na Argentina, na fronteira entre os dois países. A área total de ambos os parques nacionais corresponde a 250 mil hectares de floresta subtropical e é considerada Patrimônio Natural da Humanidade.



    Cachoeira do Formiga (Mateiros - TO): É uma pequena queda d'água, cercada por uma vegetação exuberante, de árvores altas, samambaias e moitas de palmeiras nativas. Mas o espetáculo mesmo fica por conta da piscina formada ao pé da cachoeira, onde águas de um verde-esmeralda encantador convidam ao mergulho.


    Essas são algumas das belezas naturais para relaxar e curtir. Tem coisa mais relaxante do que um banho de cachoeira?
    Last edited by Martha Santos; 08-17-2018 at 06:44 PM.

  2. Os seguintes 2 Usuários Dizem Obrigado o a Fernando Maya por este post útil:

    Unregistered (2 )

  3. <a href="">Форекс портал</a>
  4. #2
    Senior Member
    Data de afiliação
    Nov 2017
    Postagens
    250
    Accumulated bonus
    26.50 USD
    Obrigado
    43
    Agradeceu 107 vezes em 53 publicações

    Turismo no outono - Brasil

    O outono faz algum tempo, e nada melhor do que aproveitar a nova estação do ano para viajar, afinal o outono é uma estação que mistura os climas de inverno e verão fazendo uma combinação única nas paisagens. O mais comum é o céu limpo sem nuvem nenhuma com aquele frio gostoso da manhã. E é pensando nesse clima que trouxemos a indicação de 5 cidades para conhecer no outono 2018.

    Veja algumas cidades que você pode conhecer no outono:


    Brasília – DF:



    Após o período de chuvas do verão, o Distrito Federal ainda tem sua vegetação verdinha, fugindo da tradicional cor marrom de vários dias sem chuva que comumente fica a capital do Brasil no restante do ano. Com tamanhas planícies onde é possível enxergar longe dentro da cidade, se tem a oportunidade de tirar fotos incríveis no outono 2018. Quando eu fui para Brasília em março de 2008, foi por essa época do ano e foi uma experiência muito bacana.

    Rio dos Cedros – SC

    https://encrypted-tbn0.gstatic.com/i...RwniCM0hAn7riC

    A cidade de Rio dos Cedros no interior de Santa Catarina reserva um lugar especial para se conhecer no outono 2018: a região dos lagos. Nessa época do ano é possível curtir um clima gostoso de frio com paisagens deslumbrantes entre lagos e montanhas. Estive em março de 2016 na cidade e tirei fotos incríveis, além de curtir momentos agradáveis ao lado de amigos. Teve pesca, passeios de canoa, visita a cachoeiras, baralho entre amigos e muito mais.

    Praia do Rosa – SC


    Ir para a Praia do Rosa nessa época do ano faz com que você tenha uma experiência diferente do verão, já que é baixa temporada e a cidade fica menos cheia. É como se a praia fosse exclusiva sua. E ao mesmo tempo, não é tão frio a ponto de você não curtir dias incríveis do outono 2018. Além de que é um clima gostoso para fazer as trilhas da Praia do Rosa sem suar o tempo inteiro. Foi assim quando estive na Praia do Rosa em maio de 2014.



    Pantanal – MS:



    O Pantanal nessa época do ano fica com suas vazantes cheias de água, no qual os animais fazem uma verdadeira festa com a água restante. Os passeios de barco são predominantes e é possível pescar muito pela região em paisagens incríveis em meio à vegetação única do pantanal. Quando eu fui ao Pantanal em setembro de 2013 foi época de seca e fiquei com uma vontade incrível de voltar lá em época de cheias também. Por isso a recomendação para conhecer as cidades de Aquidauana e Miranda que são referências no Pantanal.

    Foz do Iguaçu – PR



    Seguindo a linha de aproveitar as chuvas do verão que encheram os rios e planícies, as cataratas de Foz do Iguaçu ficam lindas nessa época do ano com grande volume de água descendo das enormes quedas. A represa da Usina de Itaipu também fica cheia e em dia de sorte pode ser possível ver todas as comportas abertas. Eu estive em Foz do Iguaçu em abril de 2013 e foi uma viagem que valeu muito a pena.

  5. <a href="http://www.mt5.com/">Форекс портал</a>
  6. #3
    Junior Member
    Data de afiliação
    May 2018
    Postagens
    17
    Accumulated bonus
    0.00 USD
    Obrigado
    45
    Agradeceu 1 vezes em 1 publicaçaõ

    Serra do rio do Castro - Aventura e uma Paisagem de tirar o fôlego.

    Nosso Brasil tem muitos lugares espetaculares para conhecer, em Santa Catarina por exemplo você vai encontrar muita cultura, história, cânions, gastronomia de primeira e é claro, as maravilhosas praias do estado.

    Mas, você já ouviu falar da Serra do Rio do Rastro? Se não ouviu é uma das estradas mais belas do mundo,e, também o principal cartão postal de Santa Catarina. Muito sinuosa e rodeada por paisagens naturais de tirar o fôlego, atrai turistas aventureiros que percorrem seus 8.100 metros a uma altitude de 1.421 metros acima do nível do mar. Neste post juntamos algumas dicas sobre o que fazer na Serra do Rio do Rastro, porque depois de ver as fotos não vai dar para resistir!

    A rodovia fica dentro do Ecomuseu Serra do Rio do Rastro, uma área de proteção ambiental na cidade de Lauro Müller, e vai até Bom Jardim da Serra. Ao todo, tem 256 curvas em sua extensão, sendo os mais sinuosos no trecho SC-438, e um mirante a 705 metros de altura em relação a superfície do conjunto rochoso.

    A descida ou subida pela estrada íngreme é uma aventura e tanto, passando por 16 km asfaltados e os outros 7 km em concreto. Com iluminação noturna e eventual neve no inverno, a via sempre tem belos cenários para contemplar no alto dos mirantes, com vista para os exuberantes cânions. Os ciclistas também organizam viagens ao local e seus arredores.

    A cidade de Lauro Müller, a 180 km de Florianópolis (adicione mais 40 km para chegar a Serra), é agraciada por belezas naturais entre vales, montanhas, cachoeiras e lagos. Na região central estão atrativos históricos, como o Castelo de 1919, réplica de uma obra suíça, que abriga pomar, lago, terraço, mirantes e salas abertas para visitação.

    Colonizada por italianos, tem até hoje suas atividades econômicas ligadas ao setor rural e ao carvão, uma das principais fontes de renda desde seus primórdios, que ganhou até museu próprio, anexo a primeira mina do gênero do Brasil. Por conta do legado da mineração de “ouro negro”, acontece anualmente em dezembro a Festa de Santa Bárbara, padroeira dos mineiros, no distrito de Barro Branco.
    Para se hospedar, os turistas podem recorrer às pousadas e hotéis nas cidades próximas.
    A paisagem é impressionante e nos dá a impressão que estamos em outro país.

    Para chegar neste lugar único, você deve seguir a SC-282, passando pelas cidade de Santo Amaro da Imperatriz e Rancho Queimado, até chegar na cidade de Bom Retiro. De lá, pegue a SC-110, passe por Urubici e desça até a SC-390. Já na SC-390, vá sentido leste, em direção a Lauro Muller. Serão aproximadamente 40km até o topo da serra.

    Aventura e fotos de paisagens de tirar o fôlego são garantidas.

    Name:  08f3f0c240275870bfd121e4cd49da52.jpg
Views: 5
Size:  58.7 KB
    Attached Images Attached Images
    Last edited by Angelmarket; 07-13-2018 at 06:39 PM.

+ Responder ao Tópico

Permissões de postagens

  • You may not post new threads
  • You may not post replies
  • You may not post attachments
  • You may not edit your posts