Fórum Forex Brasil

Lugar da Comunidade Forex

photo
Ganhe até
$50000
por convidar amigos
para receber o Bônus StartUp
da InstaForex
Não é necessário investimento!
Comece a negociar sem
investimentos e riscos
COM O NOVO BÔNUS
STARTUP 1000$
Receba o bônus
55%
da InstaForex
em todos os depósitos
+ Responder ao Tópico
Página 24 de 24 FirstFirst ... 14222324
Resultados de 231 a 237 de 237

Thread: Notícias mundiais

  1. #231
    Senior Member
    Data de afiliação
    May 2018
    Postagens
    297
    Accumulated bonus
    234.67 USD
    Obrigado
    17
    Agradeceu 302 vezes em 180 publicações

    Donald Traump e Kim-Jon Un encerram encontro sem acordo

    O encontro entre Donald Trump e Kim Jon-un termina sem um acordo, por causa de exigências inaceitáveis da Coreia do Norte para que sanções impostas pelos EUA ao país fossem retiradas. Trump pensa que as sanções não podem ser retiradas.

    Válido lembrar que a Organização das Nações Unidas (ONU) e os EUA intensificaram as sanções sobre a Coreia do Norte quando o país realizou uma série de testes de mísseis nucleares balísticos em 2017, cortando as principais fontes de recursos do país.Segundo Trump, as vezes, é preciso ir embora, e esta foi uma das vezes, foi um abandono amigável.

    O fracasso em chegar a um acordo é um revés para Trump, que é um negociador de estilo próprio e, que está sendo pressionado nos EUA por suas relações com a Rússia e pelo depoimento de seu ex-advogado Michael Cohen, que o acusa de violar a lei no governo.



    O fracasso das negociações com Kio lider norte coreano também suscitará questões sobre o preparo do governo Trump e sobre as críticas de alguns ao estilo de diplomacia adotado por ele. Mas, será que ele está disposto a mudar a estratégia?

    Fonte: Reuters

  2. The Following User Says Thank You to Mike_Mike For This Useful Post:

    Unregistered (1 )

  3. <a href="http://www.mt5.com/">Форекс портал</a>
  4. #232
    Senior Member
    Data de afiliação
    Nov 2017
    Postagens
    371
    Accumulated bonus
    34.59 USD
    Obrigado
    23
    Agradeceu 18 vezes em 17 publicações

    Sobre negociações entre EUA e Coreia do Norte

    O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta sexta-feira que suas conversas com o líder norte-coreano, Kim Jong Un, em Hanói foram “substanciais”, e acrescentou: “Sabemos o que querem e sabem o que precisamos ter.”

    As negociações entre Trump e Kim terminaram na quinta-feira sem qualquer acordo ou qualquer plano imediato para uma terceira reunião entre os dois líderes ou suas delegações. Mas segundo Trump foi uma saída amigável. Será que Trump retirará ou no mínimo aliviará as sanções contra a Coreia do Norte?

  5. The Following User Says Thank You to Marcus Moreira For This Useful Post:

    Unregistered (1 )

  6. #233
    Senior Member
    Data de afiliação
    May 2018
    Postagens
    297
    Accumulated bonus
    234.67 USD
    Obrigado
    17
    Agradeceu 302 vezes em 180 publicações

    Estados Unidos e China avançam em acordo comercial, diz agência

    A guerra comercial entre as duas potencias e as ações medidas impostas por estas, trouxeram impactos para os mercados financeiros, prejudicaram a produção de produtos manufaturados e reduziram as exportações agrícolas norte-americanas.

    No fim de fevereiro, Trump decidiu adiar o aumento das tarifas norte-americanas sobre produtos chineses que estava previsto para 1.º de março. O presidente dos EUA planejava elevar de 10% para 25% as tarifas sobre US$ 200 bilhões em importações da China se um acordo entre as duas maiores economias do mundo não fosse alcançado até a última sexta-feira.

    No entanto, os detalhes de um possível acordo ainda precisam ser discutidos, segundo o Wall Street Journal, o governo chinês pode acabar com o teto de participação máxima imposto a um grupo estrangeiro em uma empresa automobilística mista e reduzir tarifas no setor, atualmente em 15%. Também poderia aumentar suas compras de produtos americanos, incluindo o gás natural vendido pelo grupo Cheniere Energy.

    Será que Washington aceitará suprimir a maioria das sanções infligidas no ano passado aos produtos chineses para o fechamento do acordo?

  7. Os seguintes 2 Usuários Dizem Obrigado o a Mike_Mike por este post útil:

    Unregistered (2 )

  8. #234
    Senior Member
    Data de afiliação
    Jun 2018
    Postagens
    218
    Accumulated bonus
    47.07 USD
    Obrigado
    11
    Agradeceu 280 vezes em 142 publicações

    Guaidó anuncia retorno à Venezuela depois de visita ao Equador

    O autoproclamado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, afirmou no sábado 02/03/2019 que irá retornar a Caracas depois da visita ao Equador e convocou novos protestos contra o presidente Nicolás Maduro na próxima semana.

    Ele passou os últimos dias em um tour por países da América Latina buscando apoio para uma transição na Venezuela e a saída de Maduro, a quem acusa de usurpar o poder no país. O líder da oposição passou por Colômbia, Brasil, Paraguai e Argentina antes do Equador.

    Guaidó não falou quando exatamente ou como irá retornar A Caracas. Sua partida do Equador estava prevista para a manhã deste domingo. O governo de Maduro ameaça prender Guaidó em seu retorno, depois de uma decisão da Suprema Corte - ligada ao governo chavista - o ter proibido de deixar o país.

    O líder oposicionista afirmou que os venezuelanos devem ir para as ruas na segunda e na terça, apesar do carnaval.

    "Nós temos pouco o que celebrar e muito o que fazer", disse.

    O fato é que mesmo sob ameaça de prisão, Guaidó promete voltar, sua prisão pode repercutir de forma negativa para Maduro, que quer conquistar a confiança do povo Venezuelano. Mas, se tinha a intenção de prender Guaidó, porque não o fez antes?
    Last edited by Paulo_st; 03-04-2019 at 12:33 PM.

  9. The Following User Says Thank You to Paulo_st For This Useful Post:

    Unregistered (1 )

  10. #235
    Senior Member
    Data de afiliação
    May 2018
    Postagens
    297
    Accumulated bonus
    234.67 USD
    Obrigado
    17
    Agradeceu 302 vezes em 180 publicações

    OCDE reduz de novo estimativas de crescimento econômico global

    A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) reduziu de novo as estimativas para a economia global em 2019 e 2020, após reduções em novembro, alertando que as disputas comerciais e a incerteza sobre o Brexit afetarão as empresas e o comércio mundiais.

    A projetou em seu relatório de perspectivas que a economia mundial vai crescer 3,3 por cento em 2019 e 3,4 por cento em 2020.

    Essas projeções representam cortes de 0,2 ponto percentual para 2019 e 0,1 ponto para 2020, em comparação com as estimativas da OCDE em novembro.

    Grandes incertezas de política econômica, tensões comerciais e mais quedas da confiança empresarial e do consumidor estão contribuindo para a desaceleração, disse a OCDE no relatório.

    A incerteza substancial sobre a política econômica permanece na Europa, incluindo sobre o Brexit. Uma saída desordenada aumentará os custos para as economias europeias de forma signifcativa, completou a OCDE.

    Para a Alemanha, maior economia da Europa, a OCDE cortou com força a estimativa de crescimento do PIB em 2019 a 0,7 por cento, de 1,6 por cento antes. A organização prevê uma ligeira recuperação para 1,1 por cento em 2020.

    Em relação ao Brasil, a OCDE reduziu em 0,2 ponto percentual a estimativa de crescimento em 2019, a 1,9 por cento, mantendo a projeção de expansão de 2,4 por cento em 2020.

    Fonte: http://www.oecd.org/ - Reuters

  11. Os seguintes 2 Usuários Dizem Obrigado o a Mike_Mike por este post útil:

    Unregistered (2 )

  12. #236
    Senior Member
    Data de afiliação
    May 2018
    Postagens
    297
    Accumulated bonus
    234.67 USD
    Obrigado
    17
    Agradeceu 302 vezes em 180 publicações

    União Europeia espera que Venezuela reconsidere decisão de expulsar embaixador alemão

    A decisão do governo venezuelano de Nicolás Maduro de expulsar o embaixador alemão do país, após este receber o líder da oposição Juan Guaidó no aeroporto na segunda-feira, foi lamentada pela União Europeia, esta por sua vez, espera que Maduro reconsidere a decisão de expulsar o diplomara do país em um contexto político complexo.

    Em comunicado, o governo disse que sua decisão se devia a "recorrentes atos de ingerência nos assuntos internos do país" pelo diplomata, que "em desacato compareceu ao aeroporto internacional de Maiquetía para testemunhar a chegada do deputado Juan Guaidó".

    A Venezuela considera inaceitável que um representante diplomático estrangeiro exerça em seu território um papel público mais típico de um líder político em clara sintonia com a agenda conspiratória de setores extremistas da oposição venezuelana", afirmou ainda a nota.

    Certamente esta expulsão irá agravar a situação na Venezuela.

  13. Os seguintes 2 Usuários Dizem Obrigado o a Mike_Mike por este post útil:

    Unregistered (2 )

  14. <a href="">Форекс портал</a>
  15. #237
    Senior Member
    Data de afiliação
    May 2018
    Postagens
    297
    Accumulated bonus
    234.67 USD
    Obrigado
    17
    Agradeceu 302 vezes em 180 publicações

    Venezuela fecha escolas e negócios em segundo dia de blecaute

    A Venezuela fechou escolas e suspendeu o horário comercial, nesta sexta-feira, depois que a capital Caracas e outras grandes cidades amanheceram sem eletricidade devido a um problema que afetou a principal usina hidrelétrica do país na véspera.

    Grande parte da Venezuela estava sem energia desde a tarde de quinta-feira devido a transtornos na usina de Guri, um blecaute demorado que prejudicou a rede telefônica e o metrô de Caracas.

    O presidente Nicolás Maduro "suspendeu as aulas e o dia de trabalho para facilitar os esforços para a recuperação do serviço elétrico do país", tuitou a vice-presidente da Venezuela, Delcy Rodríguez.

    Ainda na quinta-feira, o ministro da Energia Elétrica, Luis Motta Domínguez, atribuiu as dificuldades na usina hidrelétrica a uma "sabotagem", sem dar maiores detalhes.

    Os cortes de energia se tornaram frequentes no país-membro da Opep, que sofre há cinco anos com uma recessão profunda e uma hiperinflação que erodiu a qualidade dos serviços públicos.

    Na capital, dezenas de pessoas andavam pelas ruas no início da manhã devido ao fechamento do metrô, e outras pegavam os poucos ônibus que circulavam. Muitas não estavam cientes da suspensão do dia útil por não terem conseguido ver televisão ou ouvir as notícias.

    "Isto é um problema grave. Não é um blecaute qualquer", disse Luis Martínez, de 53 anos, enquanto caminhava para o trabalho no leste de Caracas.

    A Venezuela está atravessando uma crise política desde janeiro, quando o líder opositor Juan Guaidó se proclamou presidente interino invocando a Constituição.

    Ele foi reconhecido pelos Estados Unidos e dezenas de outros países, que dizem que a reeleição de Maduro no ano passado foi fraudulenta.

    Maduro, por sua vez, diz que Guaidó é um "fantoche" de Washington, que acusa de querer depô-lo para se apossar da riqueza petrolífera da Venezuela.

    No hospital público Domingo Luciani, no leste de Caracas, um gerador de emergência garante a energia, disse um funcionário que limpava o local.

    "É a primeira vez que passamos um dia e uma noite sem energia", contou Elcida Pérez, de 45 anos.

  16. The Following User Says Thank You to Mike_Mike For This Useful Post:

    Unregistered (1 )

+ Responder ao Tópico
Página 24 de 24 FirstFirst ... 14222324

Permissões de postagens

  • You may not post new threads
  • You may not post replies
  • You may not post attachments
  • You may not edit your posts