Brazil Forex Forum

Forex Community Place

photo
Ganhe até
$50000
por convidar amigos
para receber o Bônus StartUp
da InstaForex
Não é necessário investimento!
Comece a negociar sem
investimentos e riscos
COM O NOVO BÔNUS
STARTUP 1000$
Receba o bônus
55%
da InstaForex
em todos os depósitos
+ Responder ao Tópico
Página 4 de 4 FirstFirst ... 234
Resultados de 31 a 33 de 33

Thread: Índices

  1. #31
    Member
    Data de afiliação
    Aug 2018
    Postagens
    87
    Accumulated bonus
    0.00 USD
    Obrigado
    25
    Agradeceu 4 vezes em 5 publicações
    Índices Europeus

    As bolsas de valores da Europa fecharam no vermelho nesta segunda-feira. O foco principal ficou no processo de saída do Reino Unido da União Europeia, que teve a votação suspensa no Parlamento Britânico. O clima ficou ainda mais tenso na França, com os coletes amarelos avançando pelas ruas de Paris. Para completar, os números* das economias da Zona do Euro e da China também ficaram no radar europeu.

    Ao final da jornada, o índice Stoxx Europe 600 ficou em queda de 1,87% aos 338.99, em Londres; o FTSE-MIB (Milão) ficou em queda de 1,77% a 18.410; o Ibex 35 (Madri) ficou em queda de 1,76% a 8.660; o DAX 30 (Frankfurt) ficou em queda de 1,54% a 10.622; o FTSE-100 (Londres) recuou 0,83% a 6.721; o CAC 40 (Paris) caiu 1,47% a 4.742; e o PSI-20 (Lisboa) perdeu 0,94% a 4.791.

    A libra esterlina segue despencando nas negociações de hoje 1,35% a US$1.2557, a maior queda em 18 meses. O euro também escorrega 0,22% a US$1.2557 em Nova York.

    Hoje, o mundo foi surpreendido com a decisão da primeira-ministra Theresa May de adiar a votação antecipada sobre o acordo de saída do Reino Unido da União Europeia marcada para amanhã (11).

    A votação, muito esperada, seria uma espécie de teste decisivo para Brexit. Em discurso na Câmara dos Comuns, hoje pela manhã, May disse que não poderia haver acordo que não incluísse o controverso recuo, ou seja, a solução proposta para lidar com a fronteira entre a Irlanda do Norte e a Irlanda.

    O Reino Unido deve deixar a UE em março. O prazo para o Parlamento Britânico chegar a um acordo é 21 de janeiro, depois que a Grã-Bretanha fizer a declaração sobre o que pretende fazer com o Brexit.

    Já o Tribunal de Justiça Europeu decidiu que o Reino Unido poderia cancelar oficialmente o Brexit sem a permissão dos outros 27 estados membros da União Europeia.

    Hoje, os dados econômicos apresentados na Zona do Euro e também os da Alemanha e da França mostraram mais fragilidade e apontando para uma desaceleração. Lembrando que os governos dois países estão amargando uma série de manifestações. Além disso, para azedar ainda mais, os números da economia chinesa também ficaram abaixo das estimativas.

  2. Os seguintes 2 Usuários Dizem Obrigado o a usuarioforum por este post útil:

    Unregistered (2 )

  3. <a href="https://www.instaforex.com/company_news">Форекс портал</a>
  4. #32
    Member
    Data de afiliação
    Aug 2018
    Postagens
    87
    Accumulated bonus
    0.00 USD
    Obrigado
    25
    Agradeceu 4 vezes em 5 publicações

    Indices Econômicos

    ÁSIA – Ao final, o índice Hang Seng, bolsa de Hong Kong, ficou em alta de 0,07% aos 25.771 pontos e o Shenzhen Composite ficou em alta de 0,85% a 1.343. O índice Taiex, bolsa de Taiwan, ficou em alta de 0,62% 9.707. O índice XJO, bolsa de Sidney, ficou em alta de 0,42% a 5.575. O índice Kospi, Coreia do Sul, ficou em queda de 0,04% a 2.052. O índice FTSE Straits Times, bolsa de Singapura, ficou em queda de 0,43% a 3.059. O índice Nikkei 225, bolsa de Tóquio, ficou em queda de 0,34% aos 21.148. O índice Sensex, bolsa da Índia, ficou em alta de 0,54% aos 35.150.

    Os mercados de ações da Ásia fecharam sem direção única nesta terça-feira, com o índice regional MSCI Asia Pacific em alta discreta de 0,10%. As ações de tecnologia e de montadoras recuaram no Japão. O dólar perdeu força ante a moeda japonesa, sendo cotado a 113,06 ienes nesta manhã, contra 113,25 ienes de ontem à tarde. Apenas o Japão divulgou indicadores.

    EUROPA – Há pouco, o índice Stoxx Europe 600 estava em alta de 1,75% aos 344.79, em Londres; o FTSE-MIB (Milão) seguia em alta de 1,25% a 18.640; o Ibex 35 (Madri) estava em alta de 1,63% a 8.799; o DAX 30 (Frankfurt) estava em alta de 1,85% a 10.820; o FTSE-100 (Londres) seguia em alta de 1,41% a 6.816; o CAC 40 (Paris) subia 1,84% a 4.829; e o PSI-20 (Lisboa) seguia em alta de 0,52% a 4.816.

    Na Europa, os mercados operam no azul. As ações de tecnologia e mineradoras são destaques de alta no índice STOXX600. A libra esterlina ganha força, depois da forte desvalorização na sessão de ontem com a primeira-ministra Theresa May adiando a votação sobre o Brexit no Parlamento inglês marcado para hoje. Os mercados seguem atentos também para os protestos nas ruas de Paris, que perderam força com algumas medidas do presidente Emmanuel Macron. O euro é negociado a US$ 1,1384, de US$ 1,1356 de ontem à tarde. Na região serão apresentados indicadores.

    ESTADOS UNIDOS – O S&P (futuros) estava em alta de 0,68% aos 2.661. O Dow Jones (futuros) seguia em alta de 0,78% aos 24.681. O Nasdaq (futuros) estava em alta de 0,98% aos 6.765.

    Os futuros na bolsa de Nova York dão pistas de recuperação na manhã desta terça-feira, com o foco nos desdobramentos da trégua comercial entre os Estados Unidos e a China. Ontem à noite, o Secretário do Tesouro americano, Steven Mnuchin e o vice primeiro ministro chinês, Liu He, voltaram a retomar as discussões comerciais. A conversa por telefone e divulgada em seguida é considerada um sinal de que a prisão da CFO da Huawei não pesou ainda nas negociações. Nos Estados Unidos serão apresentados indicadores.

  5. Os seguintes 2 Usuários Dizem Obrigado o a usuarioforum por este post útil:

    Unregistered (2 )

  6. <a href="https://www.instaforex.com/company_news">Форекс портал</a>
  7. #33
    Member
    Data de afiliação
    Aug 2018
    Postagens
    90
    Accumulated bonus
    0.00 USD
    Obrigado
    22
    Agradeceu 5 vezes em 3 publicações
    ÁSIA – Ao final, o índice Hang Seng, bolsa de Hong Kong, ficou em alta de 1,61% aos 26.186 pontos e o Shenzhen Composite ficou em alta de 0,16% a 1.346. O índice Taiex, bolsa de Taiwan, ficou em alta de 1,13% 9.816. O índice XJO, bolsa de Sidney, ficou em alta de 1,39% a 5.653. O índice Kospi, Coreia do Sul, ficou em alta de 1,44% a 2.082. O índice FTSE Straits Times, bolsa de Singapura, ficou em alta de 1,33% a 3.099. O índice Nikkei 225, bolsa de Tóquio, ficou em alta de 2,15% aos 21.602. O índice Sensex, bolsa da Índia, ficou em alta de 1,79% aos 35.779.

    A possibilidade da China reduzir tarifas sobre automóveis americanos e depois sobre desdobramentos positivos quanto a prisão da CFO da Huawei no Canadá, agora libertada sob fiança ajudaram no desempenho dos mercados nesta quarta-feira. O presidente Donald Trump fez comentários favoráveis a um acordo comercial com a China, em entrevista a Reuters. Afirmou que estaria disposto a intervir junto à justiça americana no caso contra a executiva da Huawei se isso ajudasse a garantir um acordo comercial com os chineses. Trump disse também que o Fed não deveria elevar o juro na reunião de política monetária da próxima semana, como esperado pela maioria dos participantes do mercado. O índice DXY mostra discreta alta no momento. O índice regional de ações, MSCI Asia Pacific fechou a sessão com valorização de 1,5%. Na agenda econômica serão divulgados indicadores.

    EUROPA – Há pouco, o índice Stoxx Europe 600 estava em alta de 1,05% aos 347.79, em Londres; o FTSE-MIB (Milão) seguia em alta de 0,92% a 18.760; o Ibex 35 (Madri) estava em alta de 0,68% a 8.796; o DAX 30 (Frankfurt) estava em alta de 0,91% a 10.878; o FTSE-100 (Londres) seguia em alta de 1,31% a 6.896; o CAC 40 (Paris) subia 1,64% a 4.885; e o PSI-20 (Lisboa) seguia em alta de 0,47% a 4.800.

    Na Europa, o Brexit permanece no foco das atenções dos mercados. O adiamento da aprovação do acordo, que estava previsto para ontem, pode levar a primeira-ministra Theresa May a enfrentar um voto de não confiança no Parlamento britânico nesta quarta-feira. May segue com a confiança fragilizada. A libra chegou a operar nas mínimas do dia com a notícia, recuperando-se posteriormente. Na Europa serão apresentados indicadores.

    ESTADOS UNIDOS – O S&P (futuros) estava em alta de 0,80% aos 2.662. O Dow Jones (futuros) seguia em alta de 0,74% aos 24.602. O Nasdaq (futuros) estava em alta de 0,99% aos 6.783.

    Os futuros americanos apontam para uma abertura positiva, depois de um pregão pressionado com a ameaça de Trump de um shutdown do governo americano se não obtiver o apoio dos democratas na liberação de recursos para a construção do muro na fronteira com o México. Deve pesar positivamente a entrevista de Trump para a Reuters, com o presidente mantendo o humor sobre as negociações com a China e com a libertação da executiva da Huawei Tecnologies. Nos Estados Unidos serão apresentados indicadores, com destaque para os estoques de petróleo.

+ Responder ao Tópico

Permissões de postagens

  • You may not post new threads
  • You may not post replies
  • You may not post attachments
  • You may not edit your posts