Ganhe até
$50000
por convidar amigos
para receber o Bônus StartUp
da InstaForex
Não é necessário investimento!
Comece a negociar sem
investimentos e riscos
COM O NOVO BÔNUS
STARTUP 1000$
Receba o bônus
55%
da InstaForex
em todos os depósitos
+ Responder ao Tópico
Página 42 de 43 FirstFirst ... 3240414243 ÚltimoÚltimo
Resultados de 411 a 420 de 426

Thread: EUA - Indicadores Económicos

  1. #411
    Senior Member
    Data de afiliação
    Nov 2017
    Postagens
    339
    Accumulated bonus
    33.90 USD
    Obrigado
    25
    Agradeceu 212 vezes em 85 publicações

    Sentimento do consumidor dos EUA melhora um pouco menos do que o estimado

    O sentimento do consumidor norte americano melhorou um pouco menos do que inicialmente estimado no mês de março, de acordo com um relatório divulgado pela Universidade de Michigan nesta quinta-feira.

    O relatório informou que o índice de confiança do consumidor para março foi revisado para baixo para 101,4 da leitura preliminar de 102,0. Os economistas esperavam que o índice não fosse revisto.

    Apesar da revisão para baixo, o índice de confiança do consumidor para março ainda subiu em relação à leitura final de fevereiro de 99,7.

    "O sentimento do consumidor no final do mês estava ligeiramente abaixo da leitura no meio do mês devido à incerteza sobre o impacto das tarifas comerciais propostas", disse Richard Curtin, economista-chefe da pesquisa.

    Ele acrescentou: "O Índice de Sentimentos, no entanto, ainda alcançou o maior nível desde 2004, e o Índice de Condições Atuais estabeleceu um novo pico de todos os tempos".

    O relatório informou que o atual índice de condições econômicas saltou para 121,2 em março, de 114,9 em fevereiro, enquanto o índice de expectativas do consumidor caiu para 88,8, de 90,0.

    Na frente da inflação, as expectativas de inflação para um ano subiu para 2,8% em março, de 2,7% em fevereiro, enquanto as expectativas de inflação para cinco anos ficaram em 2,5%.

  2. Os seguintes 2 Usuários Dizem Obrigado o a Fernando Maya por este post útil:

    Unregistered (2 )

  3. <a href="">Форекс портал</a>
  4. #412
    Senior Member
    Data de afiliação
    Nov 2017
    Postagens
    259
    Accumulated bonus
    29.40 USD
    Obrigado
    38
    Agradeceu 111 vezes em 43 publicações

    Dados da inflação dos EUA em foco

    Ainda hoje, o calendário traz importantes dados norte-americanos sobre inflação. O Departamento de Comércio irá divulgar os números da inflação dos preços ao produtor em março às 09h30.

    Analistas do mercado esperam que os preços ao produtor tenham subido 0,1%, enfraquecendo a partir do aumento de 0,2% em fevereiro, ao passo que o núcleo do IPP tem projeções de ter subido 0,2%, mesmo percentual do mês anterior.

    Os dados da inflação dos preços ao consumidor serão divulgados na quarta-feira.

    A inflação em alta pode ter efeito catalisador para o Federal Reserve elevar as taxas de juros em um ritmo mais acelerado do que atualmente se espera.

    O índice dólar, que acompanha a força da moeda frente a uma cesta ponderada de seis principais divisas, estava pouco alterado em 89,52 após uma queda de 0,3% na sexta-feira.

    No mercado de títulos, o rendimento do título do Tesouro dos EUA com vencimento em 10 anos avançava para cerca de 2,803%.

  5. #413
    Senior Member
    Data de afiliação
    Nov 2017
    Postagens
    259
    Accumulated bonus
    29.40 USD
    Obrigado
    38
    Agradeceu 111 vezes em 43 publicações

    Confiança do consumidor em foco

    No calendário econômico desta sexta-feira, investidores irão se concentrar na leitura preliminar da percepção do consumidor em abril, que será divulgada pela Universidade de Michigan às 11h00.

    O índice tem expectativas de queda para 100,6 a partir de 101,4, valor registrado em março que foi o nível mais alto desde 2004.

    Também em pauta, o Departamento de Trabalho dos EUA irá divulgar seu Estudo sobre Ofertas de Empregos e Rotatividade no Trabalho (JOLTs, na sigla em inglês) no mesmo horário.

    Além disso, participantes do mercado estarão atentos a aparições públicas de integrantes do Federal Reserve - Eric Rosengren às 09h00, James Bullard às 10h00 e Robert Kaplan às 14h00 -, já que estão atentos a indicações se os decisores permanecerão ou não otimistas em relação à inflação e ao crescimento econômico.

    Antes da divulgação dos dados, o índice dólar, que mede a força da moeda frente a uma cesta ponderada de seis principais divisas, recuava 0,09% para 89,41 às 06h36

  6. #414
    Senior Member
    Data de afiliação
    Nov 2017
    Postagens
    301
    Accumulated bonus
    30.40 USD
    Obrigado
    22
    Agradeceu 166 vezes em 70 publicações

    Pedidos de seguro-desemprego,dados do Fed de Filadélfia e discursos de membros do Fed

    O Departamento de Trabalho irá divulgar sua contagem do número de indivíduos que solicitaram assistência ao desemprego na semana encerrada em 13 de abril, o que deverá mostrar que os pedidos de seguro desemprego tiveram redução de 233.000 na semana anterior para 230.000. Os pedidos contínuos de seguro-desemprego têm projeções de queda de 1,871 milhão para 1,848 milhão.

    O relatório sobre o mercado de trabalho está previsto para as 09h30, um dia após o Livro Bege do Fed ter mostrado que o aperto no mercado de trabalho ainda não aumentou a pressão de crescimento dos salários.

    Também divulgado ao mesmo tempo, economistas preveem que o índice da atividade industrial do Fed de Filadélfia para abril apresente leitura de 20,8, um pouco abaixo da leitura de 22,3 vista em março.

    Além disso, investidores estarão muito atentos a aparições públicas como as de Lael Brainard, diretora do Fed, às 09h, Randal Quarles, diretor do Fed, às 10h30 e Loretta Mester, presidente do Fed de Cleveland, às 19h45.

    Os discursos de integrantes do Fed provavelmente serão monitorados de perto após James Bullard, dirigente do Fed de St. Louis, ter alertado que a curva de rendimentos pode inverter, o que seria um indicador prévio de recessão, dentro de seis meses.

    Operadores de futuros apostam em cerca de 95% de chances de aumento da taxa de juros em junho, de acordo com o Monitor da Taxa da Reserva Federal do Investing.com. Apostas de um terceiro aumento em dezembro estão em cerca de 85%.

  7. #415
    Senior Member
    Data de afiliação
    Nov 2017
    Postagens
    188
    Accumulated bonus
    19.80 USD
    Obrigado
    64
    Agradeceu 76 vezes em 36 publicações

    Confiança do consumidor dos EUA volta em abril

    A confiança do consumidor nos EUA se recuperou em abril e as vendas de novas residências cresceram em março, indicando a força subjacente na economia. Dados separados mostraram que os preços dos imóveis subiram fortemente em fevereiro. A confiança otimista do consumidor e o aumento dos preços das casas devem apoiar os gastos do consumidor.
    A medida da confiança do consumidor do Conference Board aumentou para 128,7 este mês, ante 127 em março. A confiança do consumidor caiu em março, quebrando uma série de ganhos de dois meses. As expectativas de curto prazo dos consumidores também melhoraram em abril, com a parcela dos que esperam que sua renda diminua nos próximos meses, atingindo seu nível mais baixo desde dezembro de 2000. No entanto, o diferencial do mercado de trabalho é derivado dos dados dos entrevistados. As opiniões sobre se os empregos são abundantes ou difíceis de obter, caíram para 22,9, de 23,8 em março. Essa medida correlaciona-se estreitamente com a taxa de desemprego no relatório de emprego do Departamento de Trabalho. A taxa de desemprego permaneceu em 4,1% durante seis meses consecutivos. A economia acrescentou 103 mil empregos em março, o menor em seis meses. Embora os economistas tenham minimizado os modestos ganhos de emprego como retorno após o maior aumento de contratações em fevereiro, eles também reconheceram que o crescimento do emprego estava desacelerando. A confiança do consumidor permaneceu forte apesar da volatilidade do mercado de ações, que foi em parte desencadeada por temores de uma guerra comercial entre os Estados Unidos e a China, bem como preocupações geopolíticas. Os mercados financeiros dos EUA foram pouco alterados pelos dados.

  8. #416
    Senior Member
    Data de afiliação
    Nov 2017
    Postagens
    234
    Accumulated bonus
    26.50 USD
    Obrigado
    43
    Agradeceu 103 vezes em 49 publicações

    Relatório de empregos deverá revelar crescimento de salários

    Participantes do mercado aguardam a publicação do relatório mensal de empregos às 09h30.

    O consenso das projeções é de que os dados mostrarão que houve acréscimo de 189.000 empregos no mês na sequência do aumento de 103.000 em março, ao passo que a taxa de desemprego tem projeções de cair para 4,0% a partir de 4,1%.

    Entretanto, a maior parte das atenções provavelmente se voltará aos números relativos à média de ganhos por hora, que devem ter subido 0,2% após um aumento de 0,3% no mês anterior. Em base anual, as projeções para os salários são de aumento de 2,7%, o mesmo aumento de março.

    O crescimento estável dos salários aumentaria os sinais de aumento das pressões inflacionárias e provavelmente manteria o Federal Reserve no caminho gradual de aperto monetário.

    Atualmente, os mercados estão precificando que o próximo aumento irá ocorrer em junho, com uma elevação seguinte em setembro. Apostas de um terceiro aumento no final do ano flutuam em torno de 43%.

  9. #417
    Senior Member
    Data de afiliação
    Nov 2017
    Postagens
    234
    Accumulated bonus
    26.50 USD
    Obrigado
    43
    Agradeceu 103 vezes em 49 publicações

    Membros do Fed mantêm a mente aberta sobre aumentos de juros e mostram pouca preocupa

    Dois membros do Federal Reserve que atualmente votam no comitê de definição de taxas de juros do banco central dos EUA disseram que estão mantendo a mente aberta sobre o número total de aumentos nos juros necessários este ano.

    O presidente do Fed de São Francisco, John Williams, e o presidente do Fed de Atlanta, Raphael Bostic, também disseram separadamente que não estavam preocupados com a possibilidade de a inflação ultrapassar a meta de 2 por cento do banco central.

    O Fed, em março, elevou as taxas de juros de referência para entre 1,50 e 1,75 por cento e atualmente prevê mais dois aumentos este ano, embora um número crescente de integrantes do Fed veja possibilidade de três aumentos.

    Williams disse que um total de três ou quatro aumentos de taxas neste ano continuam sendo o cenário básico, dizendo em uma entrevista à emissora CNBC: "Eu ainda acho que esse é o jeito certo de pensar sobre isso, dada a melhoria contínua na economia."

    Williams será promovido em junho à chefia do Fed de Nova York, considerada a segunda posição mais influente do banco central dos EUA.

    Bostic disse à Reuters em entrevista durante a conferência anual sobre política monetária da Hoover Institution que, embora ele seja firmemente a favor de três aumentos de juros este ano, "estou aberto a ir em qualquer direção, voltando a dois (aumentos de taxa) ou indo para quatro, dependendo do que os dados mostram."

    Bostic citou o potencial positivo dos cortes de impostos e dos novos gastos do governo e uma perspectiva econômica "rósea" como fatores que podem exigir que o Fed eleve as taxas mais rapidamente.

    Para este ano, Bostic espera que a economia provavelmente resista a apenas a dois aumentos de taxa.

  10. The Following User Says Thank You to Yala Balduin For This Useful Post:

    Unregistered (1 )

  11. #418
    Senior Member
    Data de afiliação
    Nov 2017
    Postagens
    259
    Accumulated bonus
    29.40 USD
    Obrigado
    38
    Agradeceu 111 vezes em 43 publicações

    Preços ao consumidor dos EUA chegam ao limite; mercado de trabalho retrai

    Os preços ao consumidor dos EUA aumentaram menos do que o previsto em abril, quando os custos de automóveis e passagens aéreas caíram, reduzindo as chances de que a inflação seja superior à meta da Reserva Federal nos próximos meses. Mas com o aperto no mercado de trabalho e os preços do petróleo subindo depois que o presidente Donald Trump retirou os Estados Unidos de um acordo nuclear internacional, prometendo restaurar duras sanções ao Irã, pressões de preços devem aumentar nos próximos meses.

    O índice de preços ao consumidor aumentou 0,2% em relação ao mês anterior, após uma queda de 0,1% em março, de acordo com um relatório do Departamento do Trabalho. Excluindo alimentos e energia, o indicador do núcleo subiu 0,1% em relação a março e 2,1% em relação ao ano anterior, em comparação com as expectativas de 2,2%. Nos 12 meses até abril, o IPC aumentou 2,5 por cento, o maior ganho desde fevereiro de 2017. Após o aumento de 2,4 por cento no ano até março.

    O índice de preços de gastos de consumo pessoal excluindo alimentos e energia, que é a medida de inflação preferencial do Fed, acelerou 1,9 por cento em março em relação ao mesmo período do ano passado, com os grandes declínios no preço dos planos de telefonia celular no ano passado. A inflação está flertando com a meta de 2% do banco central dos EUA. Os políticos nos últimos dias sinalizaram que não estariam muito preocupados se a inflação superasse a meta, reiterando o que o Fed disse em seu comunicado na semana passada.

    O Fed subiu as taxas em março e sinalizou pelo menos mais dois aumentos para este ano. Em um relatório separado, os pedidos pela primeira vez do Departamento de Trabalho para subsídios de desemprego ficaram inalterados em 211.000 na semana encerrada em 5 de maio. As reivindicações caíram para 209.000 durante a semana encerrada em 21 de abril, o menor nível desde dezembro de 1969. O mercado de trabalho é considerado próximo ou em pleno emprego, com a taxa de desemprego perto de uma baixa de 17 anos e meio de 3,9%. Isso levou a uma desaceleração no crescimento do emprego, à medida que os empregadores lutam para encontrar trabalhadores qualificados. Um relatório do governo mostrou recentemente que as vagas de emprego subiram para um recorde de 6,6 milhões em março.
    Last edited by Martha Santos; 05-14-2018 at 07:34 PM.

  12. #419
    Senior Member
    Data de afiliação
    Nov 2017
    Postagens
    259
    Accumulated bonus
    29.40 USD
    Obrigado
    38
    Agradeceu 111 vezes em 43 publicações

    Vendas no varejo dos EUA em foco

    O Departamento de Comércio divulgará dados de abril sobre vendas no varejo às 09h30.

    O consenso das previsões indica que o relatório mostrará que as vendas no varejo subiram 0,4% no mês passado após terem tido aumento de 0,6% em março. No entanto, excluindo o setor automotivo, espera-se que as vendas tenham aumento de 0,5%, após terem subido 0,2% um mês antes.

    Economistas calculam que os dados irão ajudar a moldar o debate sobre o número de vezes que o Federal Reserve irá elevar as taxas de juros até o final deste ano após a divulgação de números de alguma forma decepcionante sobre a inflação dos EUA na semana passada.

    Um estudo sobre condições industriais na região de Nova York e uma leitura sobre a percepção dos construtores de imóveis em maio irão preencher a programação de dados econômicos nesta terça-feira.

    Com relação ao banco central norte-americano, participantes do mercado estarão muito atentos aos comentários do novo presidente do Fed de Nova York, John Williams, que deve falar no almoço de maio do Economic Club de Minnesota às 13h45.

    Além disso, o indicado para o vice-presidente do Fed, Richard Clarida, bem como Michelle Bowman, que foi indicada para ser diretora do Fed, enfrentarão o Congresso na terça-feira para suas audiências de confirmação.

    O dólar norte-americano estava pouco alterado, enquanto o rendimento do título do Tesouro dos EUA com vencimento em 10 anos voltava a ficar acima do nível de 3%.

    Os investidores já precificaram totalmente o aumento dos juros na próxima reunião de política monetária do Fed, em 12 e 13 de junho. No entanto, Wall Street está dividida a respeito de quantas vezes mais o banco central aumentará as taxas de juros depois disso.

  13. <a href="http://www.mt5.com/">Форекс портал</a>
  14. #420
    Junior Member
    Data de afiliação
    Apr 2018
    Postagens
    8
    Accumulated bonus
    5.77 USD
    Obrigado
    105
    Agradeceu 0 vezes em 0 publicações

    Pedidos de seguro-desemprego, dados da atividade industrial, discursos de membros Fed

    O dólar norte-americano flutuava próximo à máxima de cinco meses frente aos principais rivais nesta quinta-feira, já que investidores aguardam dados sobre o mercado de trabalho e uma leitura sobre a atividade industrial, enquanto esperam mais informações de decisores do Federal Reserve.

    O consenso das projeções espera que os pedidos semanais de seguro-desemprego tenham subido um pouco para 215.000 a partir do número anterior de 211.000, enquanto a leitura da atividade industrial na região do Fed da Filadélfia deve ter tido redução para 21,0 em maio a partir da leitura de 23,2 do mês anterior.

    Os participantes do mercado também acompanharão de perto as aparições públicas de Neel Kashkari, presidente do Fed de Minneapolis, e de Robert Kaplan, chefe do Fed de Dallas, em busca de indicações sobre suas perspectivas de aperto na política monetária.

+ Responder ao Tópico

Permissões de postagens

  • You may not post new threads
  • You may not post replies
  • You may not post attachments
  • You may not edit your posts