photo
Ganhe até
$50000
por convidar amigos
para receber o Bônus StartUp
da InstaForex
Não é necessário investimento!
Comece a negociar sem
investimentos e riscos
COM O NOVO BÔNUS
STARTUP 1000$
Receba o bônus
55%
da InstaForex
em todos os depósitos
+ Responder ao Tópico
Página 1 de 64 1231151 ... ÚltimoÚltimo
Resultados de 1 a 10 de 639

Thread: Crude Oil Futuros - Análise e Notícias

  1. #1
    Senior Member careca's Avatar
    Data de afiliação
    Sep 2012
    Postagens
    312
    Accumulated bonus
    53.60 USD
    Obrigado
    0
    Agradeceu 26 vezes em 22 publicações

    Crude Oil Futuros - Análise e Notícias

    Boa tarde.

    Desde dia 28 de Junho a cotação do crude tem vindo a subir até dia 14 de Setembro, com um máximo de 100,75 USD's o que perfez uma subida de 28%, tendo no dia 15 iniciado a sua descida, com a confirmação do fim do sentimento Bullish de médio prazo, com a quebra da Linha de tendência ascdente, marcada a azul no gráfico em baixo.

    Neste momento a cotação encaminha*se para o suporte na zona dos 88 USD's, conforme podem ver na imagem em baixo, depois de a cotação ter quebrado todas as médias móveis que uso como referência, em nenhuma delas foi encontrado suporte.

    Assim penso que não há dúvidas que o suporte que se segue será o dos 88 USD's e a quebra deste levará a cotação a testar novos mínimos de forma perigosa, o que pode afectar fortemente as economias que dependem da exportação do Petróleo, fazendo OPEP's e afins cortar na distribuição de barris para tentar que o preço volte de novo à subida.

    Name:  CRUDE_26092012.jpg
Views: 237
Size:  101.9 KB

    Agradeço comentários.

  2. Os seguintes 2 Usuários Dizem Obrigado o a careca por este post útil:

    Unregistered (2 )

  3. <a href="http://www.mt5.com/">Форекс портал</a>
  4. #2
    Senior Member careca's Avatar
    Data de afiliação
    Sep 2012
    Postagens
    312
    Accumulated bonus
    53.60 USD
    Obrigado
    0
    Agradeceu 26 vezes em 22 publicações
    Boa noite.

    Deixo uma actualização do gráfico com os futuros do crude.
    Podemos ver que nesta actualização o Crude tem vindo a recuperar sendo que hoje faz uma vela de indecisão, relativo ao movimento de reversão cujo sinal deu a 27 de Setembro. Poderá portanto ser um teste ao suporte nos 91,8 USD's para depois poder fazer um movimento de bullish de subida, quem sabe para testar os 100 USD's o barril, só vejo uma resistência óbvia nos 94,6 USD's, para lá chegar.
    Pelo contrário se houver de novo a quebra do suporte nos 91,8 USD's e fizer um mínimo inferior ao obtido dia 26 de setembro, teremos a confirmção do falso break e a continuação do movimento de queda de curto prazo.

    Name:  CRUDE_02102012.jpg
Views: 72
Size:  101.6 KB

    Obrigado pela atenção e agradeço comentários.

  5. #3
    Banned
    Data de afiliação
    Oct 2012
    Local
    Lusitânia
    Postagens
    57,217
    imagens capturadas
    9 (mais detalhes)
    Accumulated bonus
    11987.91 USD
    Obrigado
    109
    Agradeceu 301 vezes em 251 publicações
    Petróleo em mínimos de três meses.


    Barril de ‘brent’ recua pela sexta sessão seguida com regresso dos receios em torno da Grécia e em véspera das eleições nos EUA.

    Há seis sessões seguidas que o contrato genérico do ‘brent', referência para as importações nacionais, recua e hoje seguia a desvalorizar 0,23% para 105,44 dólares por barril. É o nível mais baixo desde o início de Agosto.

    Já o barril de crude valorizava 0,14% para 84,98 dólares.

    "As pessoas estão à espera de ver o que vai acontecer nas eleições antes de fazer alguma aposta", referiu Michael Lynch, especialista da Strategic Energy & Economic Research, à Bloomberg. "Estamos a acompanhar a evolução da economia e há um pouco de receio em relação à Grécia", acrescentou.

    As últimas sondagens atribuíam um empate entre Barack Obama e Mitt Romney nas eleições presidências de amanhã. Na Grécia, o primeiro-ministro Antonis Samaras vai tentar receber o apoio do Parlamento para aprovar mais medidas de austeridade indispensáveis para o País receber uma nova tranche de ajuda.http://economico.sapo.pt/

  6. The Following User Says Thank You to Trader Lusitano For This Useful Post:

    Unregistered (1 )

  7. #4
    Banned
    Data de afiliação
    Oct 2012
    Local
    Lusitânia
    Postagens
    57,217
    imagens capturadas
    9 (mais detalhes)
    Accumulated bonus
    11987.91 USD
    Obrigado
    109
    Agradeceu 301 vezes em 251 publicações
    Petróleo sobe antes de eleições nos Estados Unidos

    Londres - Os contratos futuros de petróleo operam em alta, mas oscilam dentro de uma faixa estreita de preço enquanto os investidores aguardam as eleições presidenciais nos Estados Unidos. Segundo analistas do Commerzbank, uma vitória de Barack Obama provavelmente dará continuidade à "política monetária e fiscal super frouxa", o que é positivo para os preços do petróleo. Já uma vitória de Mitt Romney levaria a "uma política monetária e fiscal menos expansionista" e a um aumento na produção doméstica, o que pressionaria os preços da commodity.
    Analistas do VTB Capital, por sua vez, destacaram que o mercado também está se preparando para a transição na liderança de uma década na China, que terá início na quinta-feira. O cenário macroeconômico global, que ajuda a determinar a demanda por petróleo, também é incerto. Mais estímulos são esperados na China, há dúvidas sobre o futuro da zona do euro e existe um quadro de melhora na economia dos EUA, observaram.

    Com relação à oferta, ainda há incertezas em relação à produção no Mar do Norte, enquanto os operadores esperam sinais sobre uma volta do petróleo extraído do grande campo Buzzard ao mercado, segundo analistas da JBC Energy. Um prolongado período de manutenção eliminou cerca de 220 mil barris de petróleo por dia do mercado.

    Enquanto isso, o Sudão do Sul afirmou que pode retomar as exportações da commodity nas próximas quatro semanas, depois de uma paralisação de um ano, o que poderá permitir que até 350 mil barris diários sejam colocados no mercado.

    Mais tarde as atenções se voltarão para o relatório da API sobre estoques nos EUA, às 19h30 (de Brasília). O informe deverá mostrar qual foi o impacto do furacão Sandy na indústria de refino norte-americana.

    Às 9h23 (de Brasília), o petróleo para dezembro subia 0,47% na Nymex, para US$ 86,05 por barril, e o brent para dezembro avançava 0,39% na ICE, para US$ 108,15 por barril. As informações são da Dow Jones.

  8. #5
    Banned
    Data de afiliação
    Oct 2012
    Local
    Lusitânia
    Postagens
    57,217
    imagens capturadas
    9 (mais detalhes)
    Accumulated bonus
    11987.91 USD
    Obrigado
    109
    Agradeceu 301 vezes em 251 publicações
    Petróleo sobe antes de eleições nos Estados Unidos

    Londres - Os contratos futuros de petróleo operam em alta, mas oscilam dentro de uma faixa estreita de preço enquanto os investidores aguardam as eleições presidenciais nos Estados Unidos. Segundo analistas do Commerzbank, uma vitória de Barack Obama provavelmente dará continuidade à "política monetária e fiscal super frouxa", o que é positivo para os preços do petróleo. Já uma vitória de Mitt Romney levaria a "uma política monetária e fiscal menos expansionista" e a um aumento na produção doméstica, o que pressionaria os preços da commodity.
    Analistas do VTB Capital, por sua vez, destacaram que o mercado também está se preparando para a transição na liderança de uma década na China, que terá início na quinta-feira. O cenário macroeconômico global, que ajuda a determinar a demanda por petróleo, também é incerto. Mais estímulos são esperados na China, há dúvidas sobre o futuro da zona do euro e existe um quadro de melhora na economia dos EUA, observaram.

    Com relação à oferta, ainda há incertezas em relação à produção no Mar do Norte, enquanto os operadores esperam sinais sobre uma volta do petróleo extraído do grande campo Buzzard ao mercado, segundo analistas da JBC Energy. Um prolongado período de manutenção eliminou cerca de 220 mil barris de petróleo por dia do mercado.

    Enquanto isso, o Sudão do Sul afirmou que pode retomar as exportações da commodity nas próximas quatro semanas, depois de uma paralisação de um ano, o que poderá permitir que até 350 mil barris diários sejam colocados no mercado.

    Mais tarde as atenções se voltarão para o relatório da API sobre estoques nos EUA, às 19h30 (de Brasília). O informe deverá mostrar qual foi o impacto do furacão Sandy na indústria de refino norte-americana.

    Às 9h23 (de Brasília), o petróleo para dezembro subia 0,47% na Nymex, para US$ 86,05 por barril, e o brent para dezembro avançava 0,39% na ICE, para US$ 108,15 por barril. As informações são da Dow Jones.

  9. #6
    Banned
    Data de afiliação
    Oct 2012
    Local
    Lusitânia
    Postagens
    57,217
    imagens capturadas
    9 (mais detalhes)
    Accumulated bonus
    11987.91 USD
    Obrigado
    109
    Agradeceu 301 vezes em 251 publicações
    OS preços do petróleo estão em queda forte.

    Os preços do petróleo estão em queda forte, depois de a reeleição do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, fazer crescerem os temores quanto a uma disputa acirrada no Congresso em torno de questões fiscais. Investidores disseram que a vitória de Obama abre caminho para uma batalha partidária sobre a ameaça do chamado "abismo fiscal", situação a ser criada em 1º de janeiro de 2013 com o fim de uma série de benefícios fiscais para os mais ricos, simultânea a cortes de gastos automáticos da ordem de US$ 600 bilhões.

    Essa situação, que poderia conduzir à desaceleração da economia e talvez mesmo a uma nova recessão, poderá ser evitada se o Congresso chegar a um acordo antes do fim de 2012. Mas, pelos resultados preliminares das eleições, a Casa Branca e o Senado devem permanecer nas mãos do Partido Democrata e a Câmara sob controle do Partido Republicano, praticamente garantindo que o impasse sobre questões orçamentárias vai prosseguir.

    "Vamos ter mais desse tipo de 'chutar as coisas para a frente'. Mesmo que Romney tivesse vencido, continuaríamos a ter um legislativo dividido", comentou Jason Schenker, da Prestige Economics.

    O informe do Departamento de Energia (DoE), de que os estoques norte-americanos de petróleo bruto registraram um crescimento de 1,8 milhão de barris na semana passada, também contribuiu para a queda dos preços; os estoques de gasolina também cresceram, depois de o furacão Sandy causar uma redução da demanda no Nordeste do país.

    Às 14h50 (pelo horário de Brasília), os contratos de petróleo bruto para dezembro estavam cotados na New York Mercantile Exchange (Nymex) a US$ 85,23 por barril, em queda de US$ 3,49 (3,93%). Na Intercontinental Exchange (ICE), os contratos do petróleo Brent para dezembro caíam US$ 3,29 (2,96%), para US$ 107,78 por barril. As informações são da Dow Jones.

  10. #7
    Banned
    Data de afiliação
    Oct 2012
    Local
    Lusitânia
    Postagens
    57,217
    imagens capturadas
    9 (mais detalhes)
    Accumulated bonus
    11987.91 USD
    Obrigado
    109
    Agradeceu 301 vezes em 251 publicações
    Análise das Ondas de Futuros Crude Oil "Petróleo" em 7 de Novembro de 2012.




    Supostamente teve inicio no petróleo a formação da onda inicial ascendente. A onda 2 foi concluída em forma de zigue-zague. É possível a continuação do crescimento durante a quarta-feira. As compras estão planejadas após fim da onda [2].



    Como pode ser visto a partir da marcação no gráfico horário, está no auge o desenvolvimento da onda (3) de [1]. É possível que nas próximas horas os touros cheguem ao nível de US$90 por barril Light Sweet. Ao mesmo tempo o início da correção já está próximo.

  11. The Following User Says Thank You to Trader Lusitano For This Useful Post:

    Unregistered (1 )

  12. #8
    Senior Member careca's Avatar
    Data de afiliação
    Sep 2012
    Postagens
    312
    Accumulated bonus
    53.60 USD
    Obrigado
    0
    Agradeceu 26 vezes em 22 publicações
    O Petróleo está muito sujeito ao consumo, temos a Europa a contrair, temos os estados unidos com falta de combustível e temos a eleição do Obama que pode finalmente desbloquear a guerra com o Irão, tudo isto vai concerteza oscilar o preço do petróleo.
    Para mim é uma commodity das mais instáveis nos próximos tempos é difícil a nível técnico a evolução da mesma.

  13. The Following User Says Thank You to careca For This Useful Post:

    Unregistered (1 )

  14. #9
    Banned
    Data de afiliação
    Oct 2012
    Local
    Lusitânia
    Postagens
    57,217
    imagens capturadas
    9 (mais detalhes)
    Accumulated bonus
    11987.91 USD
    Obrigado
    109
    Agradeceu 301 vezes em 251 publicações
    De facto a conjuntura económica e politica a nível mundial pode ficar muito instável e o petroleo é logo afectado.

    Variações de preço como a de hoje podem repetir-se nos próximos tempos.

    Cumprimentos.

  15. The Following User Says Thank You to Trader Lusitano For This Useful Post:

    Unregistered (1 )

  16. <a href="https://www.instaforex.com/company_news">Форекс портал</a>
  17. #10
    Banned
    Data de afiliação
    Oct 2012
    Local
    Lusitânia
    Postagens
    57,217
    imagens capturadas
    9 (mais detalhes)
    Accumulated bonus
    11987.91 USD
    Obrigado
    109
    Agradeceu 301 vezes em 251 publicações
    OPEP baixa previsões de procura de petróleo mundial devido a crise na zona euro.

    A Organização dos Países Exportadores de Petróleo reduzido as previsões da procura mundial de petróleo.

    A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) anunciou hoje ter reduzido as previsões da procura mundial de petróleo, devido às preocupações crescentes com crescimento económico, em particular na zona euro.

    No ano passado, a OPEP tinha previsto uma procura diária de 92,9 milhões de barris em 2015, prevendo agora uma procura de 91,8 milhões de barris por dia em 2016, segundo o relatório anual da organização, citado pela AFP.

    Em termos de preços, segundo a agência espanhola EFE, este deve rondar os 100 dólares por barril antes de atingir os 125 dólares por unidade em 2025. A OPEP disse que nos dois relatórios anteriores tinha tomado uma visão "mais positiva de como uma recuperação iria ocorrer, levando a revisões em alta das perspetivas de procura de petróleo no médio-prazo", tendo em conta os estímulos monetários e orçamentais
    em marcha.

    "Este ano, porém, há uma preocupação crescente sobre as perspetivas imediatas de crescimento económico, em particular na zona euro", escreveu a OPEP no relatório.
    Os riscos provenientes da Europa aumentaram, adiantou o secretário-geral Abdullah El-Badri, "como resultado dos défices públicos em expansão, do enfraquecimento do crescimento económico, da desalavancagem no sistema bancário, bem como da indecisão política".

    A OPEP cortou, também, as suas previsões de longo-prazo no que diz respeito à procura de petróleo, passando de 109,7 milhões de barris por dia previstos no ano passado para 2035 para uma média de 107,3.http://economico.sapo.pt

  18. The Following User Says Thank You to Trader Lusitano For This Useful Post:

    Unregistered (1 )

+ Responder ao Tópico

Tags para este tópico

Permissões de postagens

  • You may not post new threads
  • You may not post replies
  • You may not post attachments
  • You may not edit your posts