Fórum Forex Brasil

Lugar da Comunidade Forex

photo
Ganhe até
$50000
por convidar amigos
para receber o Bônus StartUp
da InstaForex
Não é necessário investimento!
Comece a negociar sem
investimentos e riscos
COM O NOVO BÔNUS
STARTUP 1000$
Receba o bônus
55%
da InstaForex
em todos os depósitos
+ Responder ao Tópico
Página 73 de 73 FirstFirst ... 2363717273
Resultados de 721 a 725 de 725

Thread: | Brasil - Notícias |

  1. #721
    Senior Member
    Data de afiliação
    Nov 2017
    Postagens
    367
    Accumulated bonus
    34.59 USD
    Obrigado
    23
    Agradeceu 11 vezes em 11 publicações

    Carteira verde e amarela terá regulamentação posterior à reforma Previdência

    O ministro Paulo quedes afirmou que entre muitas mudanças a reforma da Previdência não trará alterações nas regras trabalhistas, com a instituição de um novo arcabouço para a carteira verde e amarela, processo que exigirá regulamentação posterior. A carteira verde e amarela, proposta por Bolsonaro, voluntária para trabalhadores, que poderão escolher entre o vínculo tradicional da carteira azul, ou uma carteira verde e amarela com contrato individual que prevalece sobre a CLT, mas mantendo todos os direitos constitucionais. Porém ainda não está muito claro ainda.

    Falando a jornalistas, o ministro também indicou que a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para a Previdência deverá ser enviada do zero, após o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, afirmar que a proposta do ex-presidente Michel Temer alterada por emenda aglutinativa não poderia ir direto a plenário.

    O mercado aguarda ansiosamente pela aprovação, pois a partir desta, o humor do mercado pode mudar para melhor ou pior.

  2. The Following User Says Thank You to Marcus Moreira For This Useful Post:

    Unregistered (1 )

  3. <a href="http://www.mt5.com/forex_humor">Форекс портал</a>
  4. #722
    Senior Member
    Data de afiliação
    Jun 2018
    Postagens
    196
    Accumulated bonus
    103.87 USD
    Obrigado
    4
    Agradeceu 265 vezes em 139 publicações

    Varejo do Brasil fecha 2018 com ganhos pelo 2º ano; vendas de veículos disparam

    O varejo do Brasil fechou 2018 com o maior avanço em cinco anos e disparada das vendas de veículos, embora tenha contraído com força em dezembro com o setor mostrando perda de fôlego no segundo semestre em meio a um cenário morno da atividade econômica.

    Em dezembro, as vendas no varejo brasileiro caíram 2,2 por cento na comparação com o mês anterior, em um resultado esperado depois da disparada das vendas em novembro devido à Black Friday, de acordo com os dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira.

    Esse foi o pior resultado mensal para as vendas varejistas desde janeiro de 2016 (-2,5 por cento), após alta de 3,1 por cento em novembro sobre outubro.

    Sobre o mesmo período do ano anterior, o setor apresentou ganho de 0,6 por cento em dezembro.

    Com isso, o varejo encerrou 2018 com ganho de 2,3 por cento, ligeiramente acima dos 2,1 por cento vistos em 2017, quando interrompeu sequência de dois anos de contrações, e no melhor resultado anual desde 2013.

    Ainda assim, o crescimento acumulado de 4,4 por cento em 2018 e 2017 não foi suficiente para recuperar a queda de 10,3 por cento em 2015 e 2016.

    Apesar do ganho no ano passado, o desempenho do varejo mostrou ao longo do segundo semestre perda de fôlego, em uma economia que não conseguiu mostrar fôlego expressivo e com desemprego ainda elevado.

    "Foi um semestre marcado pela alta do dólar, por incertezas diante do período eleitoral e pela recuperação da greve dos caminhoneiros, mas, no geral, com saldo positivo", explicou a gerente da pesquisa, Isabella Nunes.

    Entre as atividades pesquisadas, o IBGE informou que os destaques em 2018 foram: Hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (3,8 por cento), Outros artigos de uso pessoal e doméstico (7,6 por cento) e Artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (5,9 por cento).

    Em dezembro, entretanto, houve forte recuo nas atividades que mostraram altas acentuadas em novembro --Outros artigos de uso pessoal e doméstico (-13,1 por cento), Móveis e eletrodomésticos (-5,1 por cento) e Tecidos, vestuário e calçados (-3,7 por cento).

    No varejo ampliado, que inclui veículos e material de construção, as vendas caíram 1,7 por cento em dezembro sobre o mês anterior, mas fecharam 2018 com ganho de 5,0 por cento, maior patamar em seis anos.

    O resultado do ano passado foi impulsionado principalmente pelo salto de 15,1 por cento nas vendas de Veículos e motos, partes e peças, única atividade que mostrou crescimento de dois dígitos e na taxa mais forte desde 2007.

    "Esse desempenho pode ser explicado pela melhora nas condições de financiamento, refletida na redução das taxas de juros e no aumento do volume de crédito para aquisição de veículos", completou Isabella.

    Veja detalhes dos resultados do varejo (%):

    Atividade Novembro Dezembro 2018

    Comércio Varejista +3,1 -2,2 +2,3

    1.Combustíveis e lubrificantes +0,6 +1,4 -5,0

    2.Hipermercados, supermercados, +1,9 -0,3 +3,8

    produtos alimentícios, bebidas e fumo

    3.Tecidos, vestuário e calçados +1,7 -3,7 -1,6

    4.Móveis e eletrodomésticos +4,2 -5,1 -1,3

    5.Artigos farmacêuticos e perfumaria +2,6 +0,4 +5,9

    6.Livros, jornais e papelaria +3,4 +5,7 -14,7

    7.Equipamentos, material para -0,4 -5,5 +0,1

    escritório e comunicação

    8.Outros artigos de uso doméstico +8,3 -13,1 +7,6

    Comércio Varejista Ampliado +1,3 -1,7 +5,0

    9.Veículos, motos, peças e partes -2,4 -2,0 +15,1

    10.Material de construção -1,0 -0,4 +3,5

  5. Os seguintes 2 Usuários Dizem Obrigado o a CSmercados por este post útil:

    Unregistered (2 )

  6. #723
    Senior Member
    Data de afiliação
    Nov 2017
    Postagens
    404
    Accumulated bonus
    39.88 USD
    Obrigado
    24
    Agradeceu 307 vezes em 140 publicações

    CAE do Senado irá sabatinar novo presidente do Banco Central no dia 26

    A Comissão de Assuntos Econômicos do Senado (CAE) deve sabatinar no próximo dia 26 o economista Roberto Campos Neto, indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para presidir o Banco Central, afirmou nesta quarta-feira o presidente do colegiado, senador Omar Aziz (PSD-AM).

    Segundo Aziz, o senador Eduardo Braga (MDB-AM), será o relator da indicação. Após a sabatina na CAE, o nome de Roberto Campos Neto para a presidência do Banco Central ainda terá de ser analisado pelo plenário do Senado.

    “Eu acabei de designar o senador Eduardo Braga como relator do presidente”, disse Aziz a jornalistas.

    Segundo ele, a data escolhida foi uma sugestão do próprio indicado para presidir o BC.

  7. Os seguintes 2 Usuários Dizem Obrigado o a Fernando Maya por este post útil:

    Unregistered (2 )

  8. #724
    Senior Member
    Data de afiliação
    Nov 2017
    Postagens
    367
    Accumulated bonus
    34.59 USD
    Obrigado
    23
    Agradeceu 11 vezes em 11 publicações

    Bolsonaro decide idade mínima de 62 anos para mulheres e 65 anos para homens

    Enfim, nasceu o filho. Bolsonaro decide idade mínima de 62 anos para mulheres e 65 anos para homens,após reunião com sua equipe, Bolsonaro defendeu que as mulheres se aposentem mais cedo com 62 anos e os homens com 65 anos.O presidente também pediu um período de transição mais curto de 12 anos.

    Depois dos novos ajustes, a equipe econômica se reunirá novamente com Bolsonaro, que pretende fazer um pronunciamento à Nação na quarta-feira.

    Válido notar que a reforma é necessária, caso contrário em alguns anos não haverá fundos para pagar a previdência. Na câmara, provavelmente passará por alguns ajustes, resta saber se a nova bancada colocará os interesses reais em primeiro lugar e não haverá concessões. O mercado aguarda ansiosamente pelo resultado final.

  9. Os seguintes 2 Usuários Dizem Obrigado o a Marcus Moreira por este post útil:

    Unregistered (2 )

  10. <a href="http://www.mt5.com/">Форекс портал</a>
  11. #725
    Member
    Data de afiliação
    Jul 2018
    Postagens
    79
    Accumulated bonus
    50.84 USD
    Obrigado
    37
    Agradeceu 95 vezes em 53 publicações

    Vale não pode ser condenada por Brumadinho, diz CEO da empresa

    O diretor-presidente da Vale, Fábio Schvartsman, disse hoje, em depoimento dado pela manhã da quinta-feira 14/02, que a empresa "não pode ser condenada" pelo “desastre natural ” causado pelo rompimento de uma barragem operada pela companhia em Brumadinho (MG), responsável pela morte de pelo menos 166 pessoas.

    Esta é a primeira vez que o presidente da Vale diante do Parlamento sobre o acidente ocorrido em Brumadinho em 22 de janeiro.
    Documentos internos da companhia revelados pelo Ministério Público de Minas Gerais, indicam que a represa da mina do Córrego do Feijão fazia parte de um grupo de 10 barragens com mais propensão a rompimento e que se encontravam em uma zona de atenção.

    O presidente falou em depoimento que a vale desconhece o que motivou o rompimento, e continuam sem saber os motivos que causaram. Aparentemente, não havia nenhuma razão de alarme e ou preocupação por parte da gestão da companhia.

    O que ele eventualmente chama de desastre natural, não foi um desastre, foi um crime ambiental , e , negligência que resultou na morte de 166 pessoas, e outros mais perderam além de suas vidas suas propriedades e entes queridos. As causas já aparentes, já são conhecidas, e crimes como estes, podem ser evitados, visto que há mais barragens que oferecem perigo. Será que os responsáveis serão punidos desta vez?

+ Responder ao Tópico
Página 73 de 73 FirstFirst ... 2363717273

Permissões de postagens

  • You may not post new threads
  • You may not post replies
  • You may not post attachments
  • You may not edit your posts