photo
Ganhe até
$50000
por convidar amigos
para receber o Bônus StartUp
da InstaForex
Não é necessário investimento!
Comece a negociar sem
investimentos e riscos
COM O NOVO BÔNUS
STARTUP 1000$
Receba o bônus
55%
da InstaForex
em todos os depósitos
+ Responder ao Tópico
Página 1 de 18 12311 ... ÚltimoÚltimo
Resultados de 1 a 10 de 175

Thread: Europa - Notícias

  1. #1
    Banned
    Data de afiliação
    Oct 2012
    Local
    Lusitânia
    Postagens
    57,217
    imagens capturadas
    9 (mais detalhes)
    Accumulated bonus
    11987.91 USD
    Obrigado
    109
    Agradeceu 288 vezes em 241 publicações

    Europa - Notícias


    Europa


    Mais de 100 pessoas são presas na Espanha; Europa enfrenta onda de protestos

    Policiais e manifestantes entraram em confronto na Espanha e Itália nesta quarta-feira (14), enquanto milhões de trabalhadores fizeram uma greve por toda a Europa para protestar contra os cortes nos gastos que dizem agravar a crise econômica. Pelo menos 110 pessoas foram detidas e 40 ficaram feridas em confrontos. Fontes do Ministério do Interior espanhol informaram que, entre os feridos, estão pelo menos 18 policiais.

    Centenas de voos foram cancelados, fábricas de carros e portos ficaram paralisados e poucos trens circulavam na Espanha e em Portugal, onde os sindicatos promoveram sua primeira greve geral coordenada.

    "Esta primeira greve ibérica" é "um sinal de grande indignação e uma advertência às autoridades europeias", afirmou Armenio Carlos, secretário-geral do CGTP, o principal sindicato português.

    Na Espanha, ainda de madrugada - coincidindo com os turnos noturnos das empresas - piquetes informativos se instalaram nas portas das estações de trem, mercados, fábricas ou lojas de cidades como Madri ou Barcelona com bandeiras vermelhas com os símbolos dos sindicatos espanhóis UGT e CCOO.

    Na capital, os manifestantes carregavam grandes cartazes com o slogan do dia: "Nos deixam sem futuro, há culpados, há soluções", fazendo referência ao desemprego que atinge um quarto da população economicamente ativa do país.

  2. <a href="http://www.mt5.com/forex_humor">Форекс портал</a>
  3. #2
    Banned
    Data de afiliação
    Oct 2012
    Local
    Lusitânia
    Postagens
    57,217
    imagens capturadas
    9 (mais detalhes)
    Accumulated bonus
    11987.91 USD
    Obrigado
    109
    Agradeceu 288 vezes em 241 publicações
    Europa - Notícias

    -Zona do euro: CPI sobe 0,2% em outubro ante setembro

    O índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) da zona do euro subiu 0,2% em outubro ante setembro e avançou 2,5% na comparação com outubro de 2011, segundo dados divulgados nesta quinta-feira pela agência oficial de estatísticas da zona do euro, a Eurostat.

    Os números vieram em linha com as expectativas de analistas consultados pela Dow Jones.

    Em setembro, o CPI do bloco de 17 países europeus registrou alta anual de 2,6%. O Banco Central Europeu (BCE) tem meta de inflação anual de menos de 2,0% e prevê que a taxa desacelerará para este nível ao longo de 2013. As informações são da Dow Jones.

  4. #3
    Banned
    Data de afiliação
    Oct 2012
    Local
    Lusitânia
    Postagens
    57,217
    imagens capturadas
    9 (mais detalhes)
    Accumulated bonus
    11987.91 USD
    Obrigado
    109
    Agradeceu 288 vezes em 241 publicações
    Europa - Notícias

    Fitch baixa rating do Chipre

    A agência de notação financeira Fitch Ratings desceu a classificação atribuída à dívida pública do Chipre
    em um nível, de "BB+" para "BB-" mantendo a perspetiva em "negativo", foi anunciado esta quarta-feira.

    Numa altura em que o Chipre está a negociar um plano de assistência financeira com instituições internacionais (CE,
    BCE e FMI), sobretudo para o seto bancário, a agência justifica o downgrade com a deterioriação das perspetivas
    macroeconómicas do país, desmepenho orçamental e incertezas elevadas quanto os custos de recapitalizção dos
    bancos do sistema cipriota.

  5. #4
    Banned
    Data de afiliação
    Oct 2012
    Local
    Lusitânia
    Postagens
    57,217
    imagens capturadas
    9 (mais detalhes)
    Accumulated bonus
    11987.91 USD
    Obrigado
    109
    Agradeceu 288 vezes em 241 publicações
    Acordo entre Eurogrupo e FMI sobre redução da dívida grega

    27 Novembro 2012
    Lusa


    Os ministros das Finanças da Zona Euro e o Fundo Monetário Internacional alcançaram um acordo sobre a redução da dívida grega, que abre a porta ao desbloqueamento da ajuda financeira à Grécia, revelaram fontes europeias.

    De acordo com as mesmas fontes, o compromisso alcançado na reunião do Eurogrupo em Bruxelas - a terceira no espaço de três semanas, e que se prolongou por mais de 12 horas, terminando já de madrugada - prevê medidas com vista à redução da dívida grega para 124 por cento do PIB até 2020.

    Enquanto se aguarda a conferência de imprensa do presidente do Eurogrupo, Jean-Claude Juncker, e do comissário europeu dos Assuntos Económicos, Olli Rehn, para se conhecer os detalhes do acordo, o presidente do Banco Central Europeu, Mario Draghi, ao sair da sede do Conselho, limitou-se a dar conta da sua satisfação com notícias que "vão reduzir a incerteza e reforçar a confiança na Europa e na Grécia".

    Este acordo deverá abrir caminho ao desembolso de uma tranche de 31,2 mil milhões de euros, que Atenas aguarda há meses.
    Last edited by Trader Lusitano; 11-26-2012 at 10:23 PM.

  6. #5
    Banned
    Data de afiliação
    Oct 2012
    Local
    Lusitânia
    Postagens
    57,217
    imagens capturadas
    9 (mais detalhes)
    Accumulated bonus
    11987.91 USD
    Obrigado
    109
    Agradeceu 288 vezes em 241 publicações
    FMI congratula-se com redução dos juros cobrados à Grécia e com extensão das maturidades


    27 Novembro 2012*
    Lusa



    Christine Lagarde elogiou os esforços do governo helénico na prossecução da sua agenda de reforma orçamental e estrutural.

    A directora-geral do Fundo Monetário Internacional acolheu com agrado as medidas acordadas na reunião do Eurogrupo para a Grécia e considera que ajudarão o rácio da dívida grega a regressar a uma via sustentável, bem como a um gradual retorno ao mercado de financiamento.

    “Congratulo-me com as iniciativas acordadas hoje pelo Eurogrupo, destinadas a dar um apoio adicional ao programa de reforma económica da Grécia e a dar um substancial contributo para a sustentabilidade da sua dívida”, disse Christine Lagarde em comunicado, acrescentando que esta decisão assenta nos “significativos esforços do governo grego” no sentido de levar a cabo a sua agenda de reforma orçamental e estrutural.

    Lagarde explica, no documento, que “as iniciativas incluem a recompra de dívida grega, o retorno dos lucros do programa de compra de títulos de dívida pública e privada da área do euro (SMP) para a Grécia, a redução das taxas de juro no âmbito do mecanismo de concessão de crédito à Grécia, uma significativa extensão das maturidades desse mesmo mecanismo e do Fundo Europeu de Estabilidade Financeira (FEEF), bem como o adiamento do pagamento de juros ao FEEF”.

    “No seu conjunto, estas medidas ajudarão a que o rácio da dívida grega retome a via sustentável e facilitarão um retorno gradual ao mercado de financiamento. Espera-se que o rácio da dívida desça para 124% do PIB em 2020, através de medidas de redução significativa da dívida em 20% do PIB”, acrescenta.

    Além disso, “congratulo-me com o compromisso dos parceiros europeus no sentido de reduzirem a dívida grega para um nível substancialmente abaixo de 110% do PIB até 2022, na condição de a Grécia implementar integralmente o seu programa” [de ajuste]. “Isto representa uma enorme redução do endividamento da Grécia face à sua actual trajectória da dívida”, disse ainda Lagarde no comunicado.

    Esta redução dos juros pagos pela Grécia poderá abrir caminho para que o mesmo aconteça com outros países intervencionados, como é o caso de Portugal. Isso já aconteceu noutras concessões que têm sido feitas no âmbito dos termos da ajuda externa.
    Last edited by Trader Lusitano; 11-26-2012 at 10:23 PM.

  7. #6
    Banned
    Data de afiliação
    Oct 2012
    Local
    Lusitânia
    Postagens
    57,217
    imagens capturadas
    9 (mais detalhes)
    Accumulated bonus
    11987.91 USD
    Obrigado
    109
    Agradeceu 288 vezes em 241 publicações
    Acordo político no Eurogrupo para desembolso de 43,7 milhões para a Grécia




    27 Novembro 2012
    Lusa


    Todos os elementos estão agora reunidos para que os Estados-membros lancem os procedimentos nacionais necessários com vista a que a oficialização do desembolso da ajuda - e uma tranche superior ao que estava inicialmente previsto - ocorra já no próximo mês.

    Os ministros das Finanças da Zona Euro alcançaram um acordo político para o desembolso da próxima tranche de ajuda à Grécia, que ascenderá a 43,7 mil milhões de euros, anunciou hoje de madrugada em Bruxelas o presidente do Eurogrupo.

    "Houve um acordo político sobre próximo desembolso para a Grécia. Não se trata apenas de dinheiro. Trata-se da promessa de um futuro melhor para o povo grego e para a zona euro como um todo", declarou Jean-Claude Juncker (na foto), no final de uma longa reunião do Eurogrupo, que se prolongou por quase 13 horas e terminou já de madrugada, com um acordo sobre a revisão da ajuda à Grécia.

    O presidente do Eurogrupo sustentou que todos os elementos estão agora reunidos para que os Estados-membros lancem os procedimentos nacionais necessários com vista a que a oficialização do desembolso da ajuda - e uma tranche superior ao que estava inicialmente previsto - ocorra já no próximo mês.

    Juncker confirmou também o acordo com vista à redução da dívida grega para 124% do PIB até 2020, uma das fórmulas que foi adiando um compromisso ao longo das últimas semanas e que permitirá "cortar" cerca de 40 mil milhões de euros.

    O Eurogrupo anunciou também uma redução das taxas de juro cobradas pelos empréstimos à Grécia, incluindo com efeitos retroactivos, e extensão das maturidades.

    Também o comissário europeu dos Assuntos Económicos, Olli Rehn, saudou o acordo alcançado no Eurogrupo, lembrando que, à entrada da reunião, "14 horas antes", havia dito que o mesmo era "essencial". "Este acordo retira a incerteza que rodeou a Grécia durante demasiado tempo", disse.

  8. #7
    Banned
    Data de afiliação
    Oct 2012
    Local
    Lusitânia
    Postagens
    57,217
    imagens capturadas
    9 (mais detalhes)
    Accumulated bonus
    11987.91 USD
    Obrigado
    109
    Agradeceu 288 vezes em 241 publicações
    Portugal e Irlanda dispensados da redução dos juros cobrados nos empréstimos à Grécia


    27 Novembro 2012
    Lusa


    Portugal e a Irlanda, os países actualmente sob programa de ajuste, não vão participar na redução das taxas de juro cobradas nos empréstimos à Grécia enquanto estiverem a receber assistência financeira.


    O acordo sobre a Grécia alcançado hoje na reunião dos ministros das Finanças da zona euro (Eurogrupo), em Bruxelas, inclui uma "descida de 100 pontos base da taxa de juro imposta à Grécia nos empréstimos concedidos". O acordo estipula ainda que os Estados-membros sob programa, ou seja, Portugal e a Irlanda, "não vão participar nos cortes das taxas de juro enquanto estiverem a receber assistência financeira".

    Os principais credores dos gregos acordaram também a extensão da maturidade dos empréstimos por 15 anos, e por 10 anos o prazo para a Grécia pagar os juros dos empréstimos.

    O compromisso alcançado na reunião do Eurogrupo - a terceira no espaço de três semanas, e que se prolongou por mais de 12 horas, terminando já de madrugada - prevê medidas com vista à redução da dívida grega para 124% do PIB até 2020 e o acordo político para o desembolso de uma tranche de 43,7 mil milhões de euros em Dezembro.

  9. #8
    Banned
    Data de afiliação
    Oct 2012
    Local
    Lusitânia
    Postagens
    57,217
    imagens capturadas
    9 (mais detalhes)
    Accumulated bonus
    11987.91 USD
    Obrigado
    109
    Agradeceu 288 vezes em 241 publicações
    Empresa cobrou a mais na luz e vai ter de devolver 8,8 mil milhões
    Elétrica francesa EDF terá de reembolsar clientes, depois de ter faturado mais do que o devido


    A companhia elétrica francesa EDF poderá ter que devolver 8.800 milhões de euros aos seus clientes por ter cobrado a mais no recibo da luz durante vários anos, noticia esta quinta-feira o diário «Le Parisien».

    Segundo o jornal, o responsável pela rede elétrica em França, a ERDF, filial controlada a 100% pelo grupo EDF, poderá ver-se obrigada a reembolsar 8.800 milhões de euros aos seus clientes depois de ter faturado mais do que o devido nos recibos de consumo de eletricidade desde junho de 2009.

    Mais concretamente, a empresa cobrou 1.900 milhões de euros anuais a mais do que deveria na tarifa aplicada ao uso da rede elétrica (Turpe) a 30 milhões de clientes, o que permitiu à ERDF receitas adicionais aproximados de 8.400 milhões por ano, o que representa 90% do volume de negócios da companhia.

    «A decisão saiu agora», afirmou ao «Le Parisien» o presidente de ERDF, Michèle Bellon, acrescentando, no entanto, que tem de esperar que «a Comissão Reguladora da Energia (CRE) realize novos cálculos para estudar o reembolso, o que pode levar meses».

    A EDF está a cair 3,40% na bolsa em Paris para os 13,785 euros por título.
    Fonte - Agência financeira.

  10. #9
    Banned
    Data de afiliação
    Oct 2012
    Local
    Lusitânia
    Postagens
    57,217
    imagens capturadas
    9 (mais detalhes)
    Accumulated bonus
    11987.91 USD
    Obrigado
    109
    Agradeceu 288 vezes em 241 publicações
    Aeroporto de Frankfurt suspende pousos devido à neve

    FRANKFURT, 9 Dez (Reuters) - O aeroporto de Frankfurt, na Alemanha, suspendeu todos os pousos neste domingo devido à neve e às temperaturas congelantes, disse uma porta-voz do maior terminal aeroportuário alemão.

    Ela afirmou que os pousos foram suspensos temporariamente por uma hora a partir das 14h locais (11h em Brasília).

    Muitos aviões não puderam decolar devido às más condições climáticas e não havia vagas suficientes para estacionar as aeronaves que pousariam.

  11. <a href="https://www.instaforex.com/company_news">Форекс портал</a>
  12. #10
    Banned
    Data de afiliação
    Oct 2012
    Local
    Lusitânia
    Postagens
    57,217
    imagens capturadas
    9 (mais detalhes)
    Accumulated bonus
    11987.91 USD
    Obrigado
    109
    Agradeceu 288 vezes em 241 publicações
    Novo plano da UE permitirá mais investimento, diz Barroso

    9/12/2012 17:59:02 | Fonte - Último Segundo

    O projeto permitiria que os países com déficit orçamentário inferior a 3% do PIB alocassem alguns recursos em planos de investimentos que não seriam contabilizados como gastos A Comissão Europeia deve divulgar em breve um plano que visa permitir aos governos da União Europeia aumentar os investimentos sem que isso seja contabilizado como gasto nos orçamentos nacionais. A informação é do presidente da Comissão, José Manuel Durão Barroso, que deu uma entrevista ao jornal italiano Il Sole 24 ore.Veja também: Ministros das Finanças da UE falham em acordo de supervisão bancária"Nós queremos incentivar gastos públicos produtivos sem afrouxar o rigor orçamentário", disse Barroso. O projeto permitiria que os países com déficit orçamentário inferior a 3% do PIB, e em uma tendência...

+ Responder ao Tópico

Permissões de postagens

  • You may not post new threads
  • You may not post replies
  • You may not post attachments
  • You may not edit your posts