photo

Fórum Forex Brasil

Lugar da Comunidade Forex

+ Responder ao Tópico
Página 1 de 22 1 2 3 11 ... Último
Resultados de 1 a 10 de 212

Thread: Sector Imobiliário

  1. #1 Fechar a publicação
    Banned
    Data de afiliação
    Oct 2012
    Local
    Lusitânia
    Postagens
    7,331
    Obrigado
    37
    Agradecimentos 2,940 Tempos em 2,338 Postagens

    Sector Imobiliário

    Ano 2012 foi «o mais difícil» para o mercado do imobiliário

    O ano 2012 foi hoje considerado o «mais difícil da última década para o mercado do imobiliário» pela consultora Jones Lang LaSalle, com os resultados em queda em todas as áreas de negócio.

    “O mercado imobiliário absorve, obviamente, todos os reflexos da conjuntura económica que se vive e 2012 foi um ano recorde pela negativa, com a estagnação do mercado de centros comerciais, níveis de investimento residuais, os escritórios a manterem absorções abaixo dos 100 mil metros quadrados e queda nas vendas de casas”, resumiu numa nota disponibilizada à comunicação social o director-geral da Jones Lang LaSalle, Pedro Lancastre.

    Em relação ao ano em curso, por outro lado, as perspectivas da consultora não melhoram. “O ano 2013, como todos nós sabemos, será marcado pela redução do rendimento e do consumo e pelo aumento do desemprego, falências, etc. E isso é incontornável. Não se auguram melhores níveis de atividade em escritórios, retalho e investimento", sublinha o gestor.

    Em contrapartida, e porque "é preciso continuar a acreditar que dos maus tempos também nascem boas oportunidades", de acordo com o líder da Jones Lang LaSalle em Portugal, somam-se as oportunidades para quem tem liquidez e "pode ter uma estratégia de antecipação" de forma a beneficiar de "um ajuste dos preços que vai continuar a verificar-se”.

    O sector foi confrontado em 2012 com "um cenário difícil", com os investidores institucionais "de costas voltadas para Portugal", e a economia em recessão, pontuada por uma forte queda do consumo e pelo aumento do desemprego. A "excepção" encontrada pela consultora foi o comércio de rua nas zonas de maior prestígio de Lisboa.

    O mercado de escritórios tem sido dos mais afectados pela actual conjuntura. "Se cresce o desemprego, aumentam também os espaços vazios", nota a Jones Lang LaSalle. Este ano, foram tomados cerca de 93.000 metros quadrados de escritórios, sendo que 79% dessa área diz respeito a mudança de instalações. Ainda assim, este registo representou uma subida de 6% da taxa de absorção face a 2011 (87.649 metros quadrados).

    O efeito combinado do aumento da área devoluta e da redução da área ocupada pelas empresas continuou a pressionar as rendas - a consultora avalia em 18,5 euros por metro quadrado o valor das rendas "prime" em 2012 -, obrigando os proprietários a "conceder cada vez mais incentivos para atrair ou reter os inquilinos".

    No segmento do retalho, se não foram inaugurados novos centros comerciais ou "retail parks" em 2012 - nota a consultora que acontece pela "primeira vez desde que a indústria dos centros comerciais começou a proliferar no país" -, verificou-se um "cada vez maior dinamismo" no comércio de rua, sobretudo nas zonas mais caras, tendência que deve continuar em 2013, prevendo-se que a nova lei do arrendamento tenha um impacto ainda mais positivo no desenvolvimento deste sector.

    No domínio do investimento, o mercado nacional registou "a pior performance desde que há registo, com apenas 125 milhões de euros transaccionados", um cenário que não deverá alterar-se em 2013, prevê a Jones Lang LaSalle. Os escritórios (48%) foram o sector que absorveu maior investimento, seguindo-se os imóveis de uso misto (45%) e o retalho (7%).

    A consultora considera que "o cada vez maior ajustamento dos preços e das yields está a tornar o mercado de investimento mais atractivo, com oportunidades excelentes em todos os sectores (escritórios, comércio, logística, turismo e habitação) e, por isso, os 'timings' para o regresso dos investidores institucionais terá a ver com a recuperação da credibilidade do país e com o incremento do financiamento interno".
    Diário Digital com Lusa

    Though trading on financial markets involves high risk, it can still generate extra income in case you apply the right approach. By choosing a reliable broker such as InstaForex you get access to the international financial markets and open your way towards financial independence. You can sign up here.


  2. #2 Fechar a publicação
    Banned
    Data de afiliação
    Oct 2012
    Local
    Lusitânia
    Postagens
    7,331
    Obrigado
    37
    Agradecimentos 2,940 Tempos em 2,338 Postagens
    Valor médio da habitação encolheu 7,7% em 2012, diz INE

    O valor médio de avaliação bancária da habitação, para o conjunto do ano 2012, fixou-se em 1035 euros/m2, o que se traduziu numa diminuição de 7,7% relativamente ao ano anterior, revelam números da responsabilidade do INE indicando um abrandamento da depreciação dos imóveis no último mês do ano.

    O valor médio de avaliação bancária de habitação do total do País «situou-se em 1019 euros/m2 em dezembro, o que correspondeu a diminuições de 0,2% e de 5,1%, respetivamente, comparativamente com novembro e com o período homólogo (diminuições de 0,5% e de 5,7%, no mês anterior, pela mesma ordem)», revela informação divulgada pelo Instituto Nacional de Estatistica nesta sexta-feira.
    Na Área Metropolitana de Lisboa, o valor médio de avaliação «aumentou 0,2%, face a novembro, para 1194 euros/m2, enquanto na do Porto este valor manteve-se idêntico ao observado no mês anterior em 964 euros/m2», detalha a fonte.
    Em termos homólogos o valor médio observado nestas Áreas Metropolitanas diminuiu 5,9% e 4,4%, respetivamente.

    Though trading on financial markets involves high risk, it can still generate extra income in case you apply the right approach. By choosing a reliable broker such as InstaForex you get access to the international financial markets and open your way towards financial independence. You can sign up here.


  3. #3 Fechar a publicação
    Banned
    Data de afiliação
    Oct 2012
    Local
    Lusitânia
    Postagens
    7,331
    Obrigado
    37
    Agradecimentos 2,940 Tempos em 2,338 Postagens
    Taxa de juro implícita no crédito habitação toca mínimo de quatro anos



    A taxa de juro implícita no conjunto dos contratos de crédito à habitação fixou-se, em dezembro, em 1,615%, recuando 0,086 pontos percentuais (p.p.) comparativamente com a taxa observada no mês anterior e atingindo um novo mínimo da série iniciada em janeiro de 2009, revelou o Instituto Nacional de Estatística (INE) nesta quinta-feira.

    Com esta descida, que estabelece um mínimo de praticamente quatro anos no indicador elaborado pelo organismo público, a prestação média vencida para a globalidade dos contratos em vigor situou-se em 265 euros, diminuindo 3 euros relativamente ao mês anterior.

    Nos contratos celebrados nos últimos 3 meses, a taxa de juro implícita foi 3,437%, diminuindo 0,095 p.p. relativamente à taxa observada em novembro.

    A «taxa de juro implícita» calculada pelo INE relaciona os juros produzidos em determinado período com o crédito em dívida no período anterior e engloba todos os contratos, reflectindo o seu preço médio.

    Though trading on financial markets involves high risk, it can still generate extra income in case you apply the right approach. By choosing a reliable broker such as InstaForex you get access to the international financial markets and open your way towards financial independence. You can sign up here.


  4. #4 Fechar a publicação
    Banned
    Data de afiliação
    Oct 2012
    Local
    Lusitânia
    Postagens
    7,331
    Obrigado
    37
    Agradecimentos 2,940 Tempos em 2,338 Postagens
    Associação Mediadores imobiliários preocupados com desvalorização do mercado

    O presidente da associação de mediadores disse, esta sexta-feira, que o valor dos imóveis em Portugal voltou a cair nos últimos seis meses e alertou para o perigo de se entrar numa bolha imobiliária devido ao descrédito do mercado.



    "Não tem lógica que em Lisboa, onde ainda não houve bolha imobiliária, os preços continuem a desvalorizar e, em Madrid, onde a especulação imobiliária foi grande, já estejam em recuperação", afirmou à Lusa Luís Lima.

    De acordo com um estudo da Associação dos Profissionais e Empresas de mediação Imobiliária (APEMIP), que cita o portal imobiliário internacional Property Guide, em menos de um ano, Portugal caiu nove lugares numa tabela de 38 países europeus, no que respeita ao preço de habitação por metro quadrado, estando apenas acima de países como a Macedónia, Bulgária e Moldávia.

    Este estudo, divulgado hoje, tem como base imóveis com cerca de 120 m2, localizados nos centros mais importantes de cada país, e revela que, entre Junho de 2012 e Janeiro de 2013, Portugal caiu da 26.ª para a 35.ª posição no 'ranking'.

    O documento refere ainda que, há cerca de um ano, o preço médio das habitações em Portugal rondava os 2.330Euro/m2, sendo que hoje o valor se situa nos 1.741Euro/m2.

    Para o presidente da APEMIP, esta desvalorização do património imobiliário "surpreende pela negativa", até porque, há cerca de um ano, a associação já tinha demonstrado que os preços praticados em Portugal eram dos mais baixos da Europa.

    Ainda assim, refere, "neste curto espaço de tempo conseguiram baixar ainda mais, de uma forma impressionante".

    O problema, alegou Luís Lima, é o aumento de especuladores, "como fundos de grande dimensão", que "fazem ofertas com descontos de 60 ou 70%", porque muitos portugueses têm necessidade de fazer algum dinheiro e vendem as suas casas por preços inferiores ao que elas valem.

    Uma situação que preocupa Luís Lima porque, "no futuro, o produto [os imóveis] vai entrar num descrédito".

    Os compradores, explicou, "vão estar sempre à espera que [os preços continuem] a baixar", sendo isto mais preocupante ainda porque três em cada quatro portugueses (74%) são detentores de casa própria.

    Though trading on financial markets involves high risk, it can still generate extra income in case you apply the right approach. By choosing a reliable broker such as InstaForex you get access to the international financial markets and open your way towards financial independence. You can sign up here.


  5. #5 Fechar a publicação
    Banned
    Data de afiliação
    Oct 2012
    Local
    Lusitânia
    Postagens
    7,331
    Obrigado
    37
    Agradecimentos 2,940 Tempos em 2,338 Postagens
    Ranking europeu diz que Portugal tem das casas mais baratas

    Dinheiro Vivo

    O portal imobiliário internacional Property Guide considera que Portugal tem das casas mais baratas da Europa. De acordo com um estudo da APEMIP, baseado nos últimos dados deste portal, de junho de 2012 a janeiro de 2013, Portugal caiu nove lugares no ranking que analisa os preços da habitação por m2 na Europa, colocando-o em 35º posição numa lista de 38 países.

    De acordo com a APEMIP, este ranking - que tem como base imóveis com cerca de 120 m2 localizados nos centros mais importantes de cada país - coloca Portugal apenas acima de países como a Macedónia, Bulgária e Moldávia com preços de 1.741 euros/m2. Menos que os 2.330 euros/m2 praticados em junho de 2012.
    O presidente da APEMIP, Luís Lima, critica fortemente os dados do portal Property Guide e para o dirigente, esta desvalorização surpreende pela negativa, até porque noutros países também em crise já se registaram valorizações dos preços por m2. É o caso de Espanha, onde os preços subiram de 4.022 para 4.683 euros/m2.
    Segundo Luís Lima, “há cerca de um ano conseguimos demonstrar que os preços praticados em Portugal eram já dos mais baixos da Europa", pelo que "esta quebra não pode ser, de todo, baseada naquilo que deveria ser o normal funcionamento do mercado, mas sim na pressão que se verifica por parte de especuladores, para que os preços baixem injustificadamente”.

    O presidente da APEMIP acredita que "há quem esteja a insistir na desvalorização do património imobiliário português, em prol dos interesses de capitais estrangeiros que tendem a aproveitar fragilidades alheias para multiplicar lucros, promovendo a desvalorização forçada do nosso património imobiliário", pode ler-se num comunicado enviado hoje às redacções.

    Though trading on financial markets involves high risk, it can still generate extra income in case you apply the right approach. By choosing a reliable broker such as InstaForex you get access to the international financial markets and open your way towards financial independence. You can sign up here.


  6. #6 Fechar a publicação
    Banned
    Data de afiliação
    Dec 2012
    Local
    Portugal
    Postagens
    10,737
    Obrigado
    43
    Agradecimentos 2,850 Tempos em 2,413 Postagens
    Arrendamento: Trinta cartas por dia impõem aumentos nas rendas



    Os senhorio estão a enviar 30 cartas por dia aos arrendatários avisando sobre o aumento das rendas de casa, destaca o Diário de Notícias explicando que negociação com os inquilinos tem permitido uma subida das rendas antigas, mas o aumento de IMI pode anular efeito.

    A adesão dos proprietários à nova lei das rendas está a ser “total”, garante o presidente da Associação Lisbonense de Proprietários, Luís Menezes Leitão. O objetivo é atualizar as cerca de 300 mil rendas anteriores a 1990, até agora congeladas com valores muito baixos, refere o jornal.
    Mas os aumentos não podem ser determinados apenas pelo senhorio. Os proprietários estão obrigados a negociar o novo preço e condições com os inquilinos – um processo que “tem corrido bem”, lê-se naedição desta quarta-feira.
    O problema agora, dizem os senhorios, são os pesados aumentos do imposto municipal sobre imóveis (IMI), «que podem vir estragar os benefícios da nova lei» nota o diário. Mas se o descongelamento do mercado de arrendamento está em marcha, nas novas rendas, em vez de aumentos, registou-se uma descida de 10% desde o início da crise, contabiliz o jornal.

    Though trading on financial markets involves high risk, it can still generate extra income in case you apply the right approach. By choosing a reliable broker such as InstaForex you get access to the international financial markets and open your way towards financial independence. You can sign up here.


  7. #7 Fechar a publicação
    Banned
    Data de afiliação
    Oct 2012
    Local
    Lusitânia
    Postagens
    7,331
    Obrigado
    37
    Agradecimentos 2,940 Tempos em 2,338 Postagens
    Brasil

    Governo altera IOF de aplicação de fundos imobiliários

    Agencia Estado
    O gBRASÍLIA - overno federal publicou nesta quinta-feira decreto alterando o IOF para operações feitas a partir de 31 de janeiro
    de 2013 para a aquisição de cotas de fundo de investimento imobiliário.

    A decisão, publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira entra em vigor imediatamente.

    Though trading on financial markets involves high risk, it can still generate extra income in case you apply the right approach. By choosing a reliable broker such as InstaForex you get access to the international financial markets and open your way towards financial independence. You can sign up here.


  8. #8 Fechar a publicação
    Banned
    Data de afiliação
    Oct 2012
    Local
    Lusitânia
    Postagens
    7,331
    Obrigado
    37
    Agradecimentos 2,940 Tempos em 2,338 Postagens
    Brasil

    Decreto zera IOF para fundos de investimento imobiliário

    Ao atrair estrangeiros para essas opções, a medida tem o potencial
    de atrair fluxo de dólar para o país e valorizar o real

    Agência Estado, com Reuters
    BRASÍLIA - O governo zerou a alíquota do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) para estrangeiros em aquisição de cotas de fundos de investimento imobiliário (FII), segundo decreto assinado pela presidente Dilma Rousseff no Diário Oficial da União desta quinta-feira, 31.

    A alíquota do IOF será zero no momento em que o investidor estrangeiro realizar a operação de câmbio para aplicar no FII, e vale a partir desta quinta-feira.

    O secretário-executivo adjunto do Ministério da Fazenda, Dyogo Oliveira, destacou que o governo já havia reduzido a alíquota de IOF para renda variável de ativos transacionados na Bolsa de Valores. "Isso gerava certa polêmica porque as cotas de fundos de investimento imobiliário podem ser transacionadas em Bolsa, são os ETFs", explicou.

    Though trading on financial markets involves high risk, it can still generate extra income in case you apply the right approach. By choosing a reliable broker such as InstaForex you get access to the international financial markets and open your way towards financial independence. You can sign up here.


  9. #9 Fechar a publicação
    Banned
    Data de afiliação
    Oct 2012
    Local
    Lusitânia
    Postagens
    7,331
    Obrigado
    37
    Agradecimentos 2,940 Tempos em 2,338 Postagens
    Brasil

    Texto esclarece IOF de fundo imobiliário, diz secretário

    Agencia Estado
    BRASÍLIA - O secretário-executivo adjunto do Ministério da Fazenda, Dyogo Oliveira, disse nesta quinta-feira que o decreto publicado no Diário Oficial da União esclarece que a alíquota do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) para entrada de recursos estrangeiros para investimento em fundos imobiliários comercializados em Bolsas de Valores é zero. "O texto era dúbio, não permitia uma interpretação bastante precisa", admitiu. O IOF que incidia antes sobre as operações era de 6%.

    Oliveira lembrou que o governo já havia reduzido a alíquota de IOF para renda variável de ativos transacionados na Bolsa de Valores. "Isso gerava certa polêmica porque as cotas de fundos de investimento imobiliário podem ser transacionadas em Bolsa, são os ETFs", explicou.

    Though trading on financial markets involves high risk, it can still generate extra income in case you apply the right approach. By choosing a reliable broker such as InstaForex you get access to the international financial markets and open your way towards financial independence. You can sign up here.


  10. #10 Fechar a publicação
    Banned
    Data de afiliação
    Dec 2012
    Local
    Portugal
    Postagens
    10,737
    Obrigado
    43
    Agradecimentos 2,850 Tempos em 2,413 Postagens
    Mercado está otimista com IOF zero em fundo imobiliário

    Agencia Estado
    SÃO PAULO - A alteração da alíquota do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) para investimento estrangeiro em fundos imobiliários (FIIs) comercializados em Bolsas de Valores trará impacto positivo para o mercado, na avaliação de gestores ouvidos pela Agência Estado. A alíquota zero que passa a valer a partir desta quinta-feira, em substituição aos 6% aplicados anteriormente, deve levar a um aumento de produtos e sofisticação do segmento, segundo os especialistas.

    O presidente da BB DTVM, Carlos Massaru, que também é vice-presidente da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiros e de Capitais (Anbima), comenta que a mudança traz sinais claros de atrair os estrangeiros, "que têm papel importante aqui no mercado". "O investidor estrangeiro enxerga o IOF como um aspecto inibidor para enviar recursos de curtíssimo prazo. Então, sem dúvida alguma eles irão reagir a esta mudança. A forma com que o governo tem começado a tratar este assunto está bem coerente", diz.

    Though trading on financial markets involves high risk, it can still generate extra income in case you apply the right approach. By choosing a reliable broker such as InstaForex you get access to the international financial markets and open your way towards financial independence. You can sign up here.


+ Responder ao Tópico
Página 1 de 22 1 2 3 11 ... Último

Assine este tópico (34)

Permissões de postagens

  • You may not post new threads
  • You may not post replies
  • You may not post attachments
  • You may not edit your posts